quarta-feira, 31 de março de 2010




Artigo do Blog do Victor - PEC 300 tira o sono dos governadores e presidenciáveis PDF Imprimir E-mail
Image
Aumento para PM e Bombeiros: PEC 300 tira o sono dos governadores e presidenciáveis

Está em curso, um movimento silencioso de aumento salarial para os Policiais e Bombeiros Militares nos Estados governados pelos aliados do presidente Lula. É a preparação do discurso para as eleições que se aproximam.

Os governadores candidatos a reeleição temem o enfrentamento político com o movimento organizado em todo País em prol da PEC 300. Os Policiais e Bombeiros são disciplinados e treinados para resistir.

Resistência é a palavra de ordem, são mobilizações em todo Brasil, e o núcleo do governo Federal já identificou que o foco da PEC 300 pode representar a linha tênue entre a vitória e a derrota da ministra Dilma Rousseff, uma vez que a situação dessa categoria é crítica no governo Serra em São Paulo.

Em Pernambuco, por exemplo, o governador Eduardo Campos (PSB) deve anunciar em breve um reajuste de pelo menos 80%. O soldado em Pernambuco vai receber em média R$ 2,5 mil.

Na Paraíba, a equipe do governo do Estado já prepara um bom aumento para categoria. O pacote de bondades do governo deve ser lançado em clima de festa, uma vez que, o governador Jose Maranhão (PMDB) é tido pela tropa como um dos piores governadores da história da Paraíba. Os PM,s não esquecem o movimento grevista que culminou com o Exército nas ruas da capital.

O aumento da Paraíba deve ser na mesma proporção do concedido recentemente aos Policiais Civis.

Essa manobra, com ou sem o apoio do governo Federal, vai ocorrer na linha do que propõe o movimento da PEC 300. Os Policiais e Bombeiros encontraram apoio na sociedade para uma causa legítima. É inconcebível um soldado receber R$ 950 reais

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO