quarta-feira, 30 de junho de 2010

Delegado diz que sigilo telefônico de Bruno já foi quebrado




Eliza Samudio 

Delegado diz que sigilo telefônico de Bruno já foi quebrado

Outros suspeitos de envolvimento no caso tiveram sigilos quebrados.
Goleiro do Flamengo é investigado pelo desaparecimento de ex-namorada.

Marco Antônio Astoni Da Globominas.com
Eliza Samudio, 25 anos, está desaparecida há cerca
de três semanas (Foto: Reprodução/TV Globo)
O sigilo telefônico do goleiro Bruno e de outros envolvidos no caso do desaparecimento de Eliza Samúdio, ex-namorada do jogador, foi quebrado, segundo informações do delegado Edson Moreira, um dos responsáveis pelas investigações. Ele conversou com a imprensa, na noite desta quarta-feira (30), no Departamento de Investigações, em Belo Horizonte.
"Ligações telefônicas já estão sendo analisadas e também estamos trocando informações com a polícia do Rio de Janeiro", afirmou o delegado.
A polícia já ouviu cerca de 20 pessoas, entre elas amigos de Bruno e sua mulher, Dayanne Souza. Um amigo de Bruno, conhecido como "Macarrão", também está sendo investigado pela polícia.
O delegado disse que outras pessoas também tiveram seus sigilos telefônicos e bancários quebrados, mas não revelou os nomes:
‘Não há corpo’
Na mesma entrevista coletiva, o delegado Wagner Pinto afirmou que o corpo da ex-namorada do goleiro do Flamengo Bruno, Eliza Samúdio, não foi encontrado.
"No momento, o que temos é um caso de desaparecimento, que pode evoluir para homicídio e, posteriormente, para ocultação de cadáver. Mas no momento são apenas hipóteses, já que ainda não encontramos nenhum corpo", afirmou Pinto.
A polícia informou também que vai reconstituir os últimos momentos de Eliza antes de seu desaparecimento, dia 9 de junho, para tentar traçar uma espécie de mapa dos últimos passos, com suas ligações e contatos.
Denúncias anônimas levaram a polícia à Mata das Abóboras, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, nesta quarta-feira. Segundo elas, o corpo da ex-namorada de Bruno estaria escondido no local. Até o início da noite, nada havia sido encontrado.
Furto
Também na tarde desta quarta-feira (30), o caseiro de um sítio vizinho ao de Bruno e o porteiro do condomínio disseram que a polícia prendeu dois homens suspeitos de furtar um aparelho de som da casa do jogador, no município de Esmeraldas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A Polícia Militar na cidade confirmou a prisão de um receptador com quatro caixas de som que seriam da casa de Bruno. Esse receptador teria comprado esse aparelho de terceiros. Ainda segundo policiais militares, o caseiro do sítio fez a denúncia do furto nesta terça-feira. Ele foi levado para a delegacia para prestar esclarecimentos.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO