quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Bancários em Belo Horizonte e região mantêm adesão à greve nacional da categoria




Bancários em Belo Horizonte e região mantêm adesão à greve nacional da categoria 

O primeiro dia da greve nacional dos bancários em Belo Horizonte teve adesão de 50% das agências dos Bancos do Brasil e da Caixa Econômica, além de 20 agências de bancos privados. O balanço é do Sindicato dos Bancários de Belo Horizonte e Região. De acordo com a entidade, uma nova assembleia da categoria será realizada nesta quinta-feira (30) para definir se o movimento grevista será mantido.
Nesta quarta-feira muitos belo-horizontinos foram surpreendidos com as agências bancárias fechadas.    A decisão de entrar em greve foi decidida nessa terça-feira após os bancários recusarem a proposta de reajuste de 4,29 % feita pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). O valor corresponde à inflação dos últimos 12 meses medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). A categoria reivindica 11% de reajuste salarial.
Por volta das 12h, os bancários de Belo Horizonte se reuniram em assembleia em frente a uma agência da Caixa Econômica Federal (CEF) na rua Carijós, no centro da cidade. Na oportunidade eles decidiram manter a paralisação por tempo indeterminado. De acordo com o sindicato da categoria, a assembleia desta quinta-feira será realizada em frente à agência da CEF na rua Tupinambás, no centro da capital.
Além do reajuste salarial, os bancários exigem piso salarial que varia de R$ 1.510 para portaria a R$ 4.855 para primeiro gerente, além de melhoria na Participação nos Lucros e Resultados (PLR) e melhores condições de trabalho.
Contas em dia
Apesar da greve, os consumidores precisam pagar as contas até o vencimento. Enquanto as agências estiverem fechadas, as opções são procurar o auto-atendimento nos caixas eletrônicos, os serviços oferecidos pela internet ou as casas lotéricas.
Fonte: O Tempo

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO