quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Novo comandante do BEP quer implantar regime militar no presídio




Novo comandante do BEP quer implantar regime militar no presídio

Tomou posse na manhã desta terça-feira o novo comandante do Batalhão Especial Prisional (BEP), tenente-coronel Wolney Dias. A troca de comando do BEP é consequência da fuga dos ex-PMs Wellington Vaz de Oliveira e José Carlos da Silva, no último dia 9.
O oficial pretende implantar um regime militar no presídio, a fim de aproximar o preso de suas atribuições anteriores."Como todo corporação militar, a PM segue os rituais de alvorada, formação em pátio, marcha e execução dos hinos Nacional e da instituição. Os presos ainda terão aulas de comportamento moral e cívico. Além disso, pretendo dividi-los por perfil de personalidade e implantar a Divisão de Regimes e Estágios. Trabalhando, eles se sentirão mais úteis e terão a pena reduzida de acordo com a LEP (Lei de Execuções Penais, que prevê um dia de pena reduzida a cada três dias trabalhados)", explicou Wolney. 
Blog da Segurança

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO