sexta-feira, 30 de setembro de 2011

CIOE forma militares para atuar em ações antibomba





Trinta e um alunos do 2º Estágio de Ações Antibombas - EAAB foram diplomados nesta sexta-feira, 30, em solenidade na Academia de Polícia Militar Tiradentes, em Palmas. O curso teve início no último dia 26 deste mês.

Na ocasião, estiveram presentes o comandante da Academia, tenente coronel Falcão; o assessor militar do Ministério Público, major Francinaldo Bó; e o comandante da CIOE, major Cláudio Thomaz, que ressaltou a importância das instruções para os componentes do Comando de Operações Especiais – COE, assim como para os militares da Casa Militar, que lidam diretamente com a segurança do governador do Estado, bem como dos policiais lotados no Ministério Público, GOC (Grupo de Operações com Cães) e ROTAM.

O CURSO

O 2º Estágio de Ações Antibombas tem por finalidade aperfeiçoar os militares pertencentes ao COE (Comando de Operações Especiais) que lidam diretamente com ocorrências envolvendo artefatos explosivos. As atividades (teóricas) foram realizadas na sede da APMT (Academia de Polícia Militar Tiradentes), em Palmas.

O estágio contou também com a participação de militares lotados na Casa Militar e Ministério Público, que tiveram instruções de identificação de explosivos, utilização de equipamentos, varreduras em locais suspeitos, legislação federal, dentre outras.

Os alunos tiveram instruções com vários especialistas na área, além do explosivista e subcomandante da CIOE, cap QOPM Abner. O corpo docente contou com profissionais do Exército Brasileiro e da Polícia Federal. As instruções buscaram desenvolver a pró-atividade das ações das instituições de segurança pública, de forma a garantir uma resposta aceitável em atendimento de ocorrências com bombas.
(Informações Ascom PM) 
Fonte: O Girassol

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO