sábado, 31 de dezembro de 2011

Ceará - PMs de Maracanaú e Pacatuba aderem à greve




Da Redação às 17:30 de 30/12/2011 - Atualizada às 17:37

Policiais do Ronda do Quarteirão dos municípios de Maracanaú e Pacatuba, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), também aderiram à greve da Polícia e Bombeiros Militares decretada nesta quinta-feira (29). Segundo informações da TV Jangadeiro, que esteve com o organizadores do movimento, 10 viaturas que patrulhavam as duas cidades já estão paradas.

Com a decisão, não há nenhuma equipe do Ronda faz o patrulhamento nos locais. Segundo a Associação dos Praças da Polícia Militar e dos Bombeiros Militares do Ceará (Aspramece) cerca de 50% do efetivo policial cearense aderiu à paralisação e 140 viaturas estão paradas.

Interior

Segundo informações da Aspramece o movimento também acontecem em outros municípios cearenses como Itaitinga, Guaiúba, Maranguape, Sobral, Tianguá, Juazeiro do Norte, Russas, Limoeiro do Norte, Canindé e Caucaia.

PM se pronuncia

O assessor de imprensa da Polícia Militar, Tenente-Coronel Albano, em entrevista à reportagem da TV Jangadeiro, negou os dados da Aspramece. Ele disse que aproximadamente 300 dos 15 mil homens que integram o efetivo da PM no Ceará estão envolvidos na paralisação.

O Tenente-Coronel reafirmou que o movimento deflagrado é ilegal e que os militares são regidos pela Constituição Federal que não permite este tipo de manifestação.

A respeito dos pneus das viaturas que foram furados durante o protesto dos policiais na 6ª Companhia do 5º Batalhão, no bairro Antônio Bezerra, o assessor informou que quem for flagrado cometendo as ações responderá a processo por danos ao patrimônio público.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO