sábado, 25 de fevereiro de 2012

Incêndio em base do Brasil deixa ferido e 2 desaparecidos na Antártida





Pesquisadores que estavam na estação serão levados para o Chile.
Um Inquérito Policial Militar foi instaurado para apurar causas do acidente.


Um incêndio atingiu a Estação Antártica Comandante Ferraz, base da Marinha do Brasil na Antártida, deixando um militar ferido e dois desaparecidos. Segundo a Marinha, o acidente aconteceu no local onde ficam os geradores de energia, por volta das 2h da manhã (horário de Brasília) deste sábado (25). Um Inquérito Policial Militar foi instaurado para apurar as causas.

O militar ferido já não corre risco de morte. Ele recebeu os primeiros socorros na estação polonesa de Arctowski e depois foi levado para a base chilena Eduardo Frei.

Ao todo, 30 pesquisadores e um alpinista que auxilia nos estudos estão na estação chilena. Eles serão levados para Punta Arenas, no Chile, por um avião da Força Aérea Argentina. De lá, um avião disponibilizado pela Força Aérea Brasileira os trará de volta para o Brasil.

Os 15 integrantes do chamado “Grupo-Base”, militares da Marinha que fazem a manutenção da estação, ainda estão trabalhando no combate ao incêndio. Além deles, outros 12 funcionários da Marinha vão permanecer na base brasileira na Antártida.

Dois navios argentinos, dois botes poloneses e três helicópteros chilenos prestam apoio no controle. Um navio-polar da Marinha do Brasil, que estava estacionado no sul do Chile. está se dirigindo à Antártida para auxiliar a ação.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO