sábado, 25 de fevereiro de 2012

PF quer agentes mais “sarados”





A Polícia Federal lança nos próximos dias edital para a contratação de 600 novos policiais: 500 agentes e 100 papiloscopistas.

Desta vez, a corporação pretende dificultar a vida dos aspirantes a policiais que estejam fora de forma. A PF promete pegar pesado nos testes físicos, que já eram temidos por causa do rigor.

No último concurso, os aprovados tiveram que correr 2.400 metros em 12 minutos e nadar 50 metros em 41 segundos. No próximo a tarefa ficará bem mais difícil.

As contratações fazem parte de um plano nacional de fortalecer o policiamento nas fronteiras do país antes dos jogos da Copa de 2014 e Olimpíadas de 2016. No segundo semestre, outros 600 novos policiais se juntarão a corporação. Como na segunda etapa serão chamados delegados, escrivães e peritos, os testes físicos não serão tão rigorosos.

Fonte: iG

1 comentários:

  • mentes de comandos says:
    2 de março de 2012 21:09

    Boa noite.

    Policiais concursado aparecem assim.O Brasil com essa mentalidade de concursar tudo é uma vergonha.

    Nas melhores forças armadas e policiais do mundo o candidato tem certo grau de escolaridade e ética,mas nunca como o Brasil que seleciona profissionais desse gabarito como se fosse vestibular e sempre querendo estabilidade e rendimento fixo mensal.

    Estranha essa mentalidade concurseira.

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO