sábado, 25 de agosto de 2012

Comissário é preso no Aeroporto de Confins com produtos contrabandeados avaliados em R$ 110 mil




Homem estava com uma carga de placas de memória de computador dentro de uma mala


Um comissário de bordo foi preso na tarde desta sexta-feira pela Polícia Federal ao fazer o contrabando de placas de memória, avaliadas em R$ 110 mil. E.R.V, de 42 anos, foi detido no Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, na Grande BH, após o desembarque de um voo que chegou de Miami.

De acordo com a PF, o homem estava com 1.247 placas de memórias armazenadas dentro de uma mala. Como não apresentou a documentação fiscal do material, acabou preso.

O comissário foi encaminhado à Penitenciaria Nelson Hungria, em Contagem, onde permanecerá à disposição da Justiça Federal. Ele vai responder pelo crime de descaminho e pode pegar até 8 anos de prisão.

João Henrique do Vale - Estado de Minas

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO