quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Integrante da lista dos mais procurados eliminava rivais para dominar o tráfico





De acordo com a polícia, Integrante da lista dos mais procurados eliminava rivais para dominar o tráfico De acordo com a polícia, "Ronan do Bom Será" é suspeito de matar cinco pessoas. Os homicídios estariam relacionados ao tráfico de drogas em uma tentativa de assumir a liderança da atividade criminosa em Matozinhos.

Cristiane Silva - Andréa Silva - Aqui


Dois mandados de prisão foram expedidos e a Polícia Civil negociou com a família do suspeito para que ele se entregasse. Ronan nega envolvimento em todos os crimes.  (Paulo Filgueiras/EM/DA Press)

Dois mandados de prisão foram expedidos e a Polícia Civil negociou com a família do suspeito para que ele se entregasse. Ronan nega envolvimento em todos os crimes.
A Polícia Civil apresentou nesta quinta-feira o primeiro integrante da nova lista dos criminosos mais procurados de Minas a ser preso. Ronan Rodrigues Pereira, também conhecido como “Ronan do Bom Será”, de 24 anos, se entregou à polícia na terça-feira em Vespasiano, na Grande BH. Ele teve o rosto estampado em cartazes do programa Procura-se, lançado na semana passada.


Segundo a Polícia Civil, ele é investigado por suspeita de matar cinco pessoas, duas tentativas de homicídio, tráfico de drogas e roubo. O objetivo de Ronan seria eliminar todos os rivais para dominar o tráfico de drogas na cidade. Morador do Bairro Florestal - do qual a região do “Bom Será” faz parte -, ele começou no crime ainda quando era menor de idade, com roubos. Quando passou a se envolver com o tráfico de drogas, resolveu assumir a liderança.

Conforme a polícia, Ronan é bastante violento e contava vantagem de enfrentar policiais, sendo que teria ameaçado um civil e um militar. Os homicídios atribuídos a Ronan ocorreram principalmente no início deste ano. Através de denúncias via 181 e de pessoas que procuraram a delegacia de Matozinhos, a polícia chegou ao suspeito. Dois mandados de prisão foram expedidos e a Polícia Civil negociou com a família do suspeito para que ele se entregasse. Ronan nega envolvimento em todos os crimes.

Lista de procurados

O programa Procura-se foi lançado em 2011 e consiste na divulgação de fotos e outras informações sobre os alvos através de cartazes, sites, redes sociais e a imprensa. O objetivo é aumentar as denúncias feitas pela população de forma anônima através do telefone 181.

De acordo com a Seds, a nova lista é a primeira com criminosos do interior do estado. Além de Belo Horizonte e da região metropolitana, foram escolhidos alvos das Regiões Integradas de Segurança Pública (Risps) de Juiz de Fora, na Zona da Mata, Montes Claros, no Norte de Minas, Governador Valadares, Região do Vale do Rio Doce, Ipatinga, no Vale do Aço, e Uberlândia, Triângulo Mineiro.

Dos 18 nomes divulgados até o momento, 14 já foram presos. Um dos criminosos que permanece foragido é o traficante Roni Peixoto de Souza, de 41 anos, também conhecido como Gordo, Gordão ou Roni. Ele é apontado com o braço-direito de Fernandinho Beira-Mar em Minas. Ele é procurado por homicídio, posse e porte ilegal de arma de fogo, formação de quadrilha e tráfico de drogas. Roni é tido como líder do Comando Vermelho, facção criminosa do Rio de Janeiro com ramificações em Minas Gerais, de acordo com a Seds.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO