Publicidade Google

domingo, 30 de setembro de 2012

Detento é morto a pancadas dentro de presídio em Sorocaba, SP


Homem, de 66 anos, cumpria pena por estupro.
Companheiro de cela confessou o crime.

Um detento de 66 anos foi encontrado morto no fim da tarde deste sábado (29) na penitenciária "Antonio Souza Neto", conhecida como P-2, em Sorocaba (SP).

De acordo com o boletim de ocorrência, Rubens Estanilau foi morto a pancadas pelo companheiro de cela, Alex Adan Silva Colina, de 22 anos.

O corpo foi encontrado em uma das celas do setor destinado a acusados de estupro, onde a vítima cumpria a pena. À polícia, Alex teria dito que estava recebendo ameaças e, por isso, decidiu cometer o crime.

Alex, que cumpria pena por furto, roubo e estupro, deve responder também por homicídio. A ocorrência foi registrada no DPP Norte. A Secretaria de Administração Penitenciária vai investigar o caso.

LEIA MAIS

'Foi um domingo de terror', diz refém com família após assalto no Rio


Família em kombi seguia para pescaria, quando criminoso roubou o veículo.
Casal que seguia em carro atrás avisou a PM do crime; assaltante foi preso.

Armas apreendidas pela polícia após sequestro de família 
(Foto: Renata Soares/G1)

Após viver momentos de pânico na manhã deste domingo (30), a família que foi feita refém por um criminoso em fuga, no subúrbio do Rio de Janeiro, relatou à polícia os minutos de apreensão que tiveram ao o lado do sequestrador, identificado pela polícia como Wesley Lima de Deus, de 18 anos.

Armado, ele ordenou que o motorista da Kombi onde estava a família mudasse o itinerário e seguisse para uma favela em Honório Gurgel, no subúrbio. A família ia pescar na Urca, na Zona Sul, quando foi abordada pelo assaltante, preso após um cerco da PM na Avenida Brasil.

“Nunca pensamos que um passeio em família fosse se transformar num domingo de terror como este. Ainda bem que saímos salvos”, desabafou uma das ocupantes da kombi, que se identificou apenas como Andréia.

O motorista contratado pela família para dirigir o carro contou que o criminoso ficou ameaçando os passageiros com uma arma.“Foi um momento de tensão muito grande. Foi algo muito assustador. O bandido ficou o tempo todo com a pistola apontada na costela de um dos passageiros da Kombi”, disse o motorista Edilson de Oliveira Alves, de 39 anos.

Kombi onde estava família sequestrada
(Foto: Renata Soares/G1)

De acordo com a Polícia Civil, oito pessoas estavam na kombi. Inicialmente, o Batalhão de Vias Especiais (BPVE) informou que havia crianças no veículo. No entanto, as vítimas afirmaram que apenas adultos estavam no carro sequestrado.

Ocupantes de carro detrás acionaram PM
Segundo os depoimentos das vítimas, a Kombi foi roubada na Linha Vermelha, na altura do Parque das Missões, por volta das 5h. Dois ocupantes de um carro que seguia atrás perceberam que se tratava de um sequestro e acionaram a Polícia Militar.

Os PMs de uma base do BPVE na Linha Vermelha iniciaram uma perseguição e conseguiram prender Wesley, na Avenida Brasil, na altura de Parada de Lucas. Com o homem, a polícia apreendeu um revólver calibre 38 milímetros.

“É uma revolta muito grande. Vivemos em um país sem lei. Saímos para passear e fomos vítimas da violência no Rio de Janeiro como acontece todos os dias”, disse o motorista que denunciou o sequestro à polícia. Com medo de represálias, ele preferiu não se identificar.

Troca de tiros antes de roubar kombi
Wesley de Deus, preso após sequestrar família em kombi
 (Foto: Renata Soares/G1)

Antes de roubar a Kombi, Wesley junto com outros três comparsas havia trocado tiros com a polícia na Avenida Brasil, próximo à Rodovia Washington Luiz. O grupo voltava de um baile funk da Favela da Cidade Alta, em Cordovil, e estava a bordo de um carro, modelo Palio, em alta velocidade.

De acordo com a PM, durante o confronto, um criminoso foi baleado na perna e os outros três comparsas fugiram a pé, em direção à uma favela. O homem ferido foi preso e o Palio apreendido.

No veículo, os policiais encontraram um revólver calibre 38 e um fuzil 762. Após checar a placa do carro, os agentes descobriram que o veículo havia sido roubado há cerca de sete dias, na região de Honório Gurgel, também no subúrbio.

Segundo a polícia, o criminoso ferido no confronto seria um adolescente de 16 anos, identificado como Gabriel Miguel da Silva, que segue internado no Hospital Getúlio Vargas, na Penha, Zona Norte.

Por Renata Soares

Fonte: G1 Rio

LEIA MAIS

Quatro presos cavam túnel e fogem de delegacia em Fortaleza


Policias foram avisados da fuga por familiar de um dos foragidos. 
Homens cavaram túnel em cela e saíram em depósito ao lado da delegacia.

Quatro presos fugiram neste domingo (30) da Delegacia de Capturas, no Centro de Fortaleza. De acordo com o delegado Tarcísio Coelho, os homens cavaram um túnel de 40cm de diâmetro na cela que saiu em um depósito da divisão de transportes da Polícia, ao lado do prédio da delegacia. Até as 18h30, os detentos ainda estavam foragidos.

Os policiais só notaram a fuga quando um familiar de um dos quatro fugitivos ligou para denunciar. Ainda de acordo com a polícia civil, os quatro estavam em uma cela com sete detentos.

As identidades dos homens não foram reveladas para não prejudicar nas buscas. Segundo o delegado Tarcísio Coelho, dois dos fugitivos respondem por estupro e os outros dois por descumprir a Lei Maria da Penha.

Fonte: G1 CE

LEIA MAIS

RJ: policial é atingido por tiros no Complexo do Alemão


Um policial ficou ferido na noite deste sábado após uma troca de tiros com bandidos no Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro. Segundo informações da rádio CBN, agentes da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) faziam o patrulhamento na região e suspeitaram de um grupo, que reagiu atirando. O tiroteio aconteceu por volta das 22h.

O policiamento no local foi reforçado por policiais de outras UPPS e do Comando de Polícia Pacificadora. Os policiais faziam buscas na favela pelos suspeitos. O PM atingido foi socorrido e passa bem.

LEIA MAIS

Esquadrilha da Fumaça é atração de Domingo Aéreo


Evento abre as portas do quartel da Aeronáutica em Lagoa Santa para exposição de aviões


Divulgação / Pama-LS
Pama-LS abre seus portões para exibir aviões

Os treze pilotos da Esquadrilha da Fumaça vão se revezar em arriscadas posições voo em uma apresentação especial com sete aviões no Parque de Material Aeronáutico de Lagoa Santa, na região metropolitana de BH, neste domingo (30). A performance é a atração mais aguardada do Domingo Aéreo, que expõe modelos de aeronaves no hangares e revela as curiosidade do trabalho em um quartel militar.

Durante todo o dia, visitantes poderão conhecer de perto sete tipos de aeronaves, como o C-130 Hércules, o A-29 Super Tucano e Asa Delta, além de assistir à exibição dos cães adestrados pela Polícia Militar de Minas Gerais.

O evento conta ainda com acrobacias aéreas, exposição de carros antigos e motocicletas, pista de obstáculos, paintball, e apresentação de helicópteros da PM e do Corpo de Bombeiros.

Em parceria com o Sesc-Minas (Serviço Social do Comércio de Minas Gerais), a Subdivisão de Saúde da Guarnição de Aeronáutica de Belo Horizonte, dará orientações odontológicas e sobre glicemia capilar e grupo sanguíneo. O SESC-Minas promoverá ainda a Rua de Lazer com atrações para as crianças.

Na entrada do evento, a FAB (Força Aérea Brasileira) recolherá alimentos não perecíveis para instituições beneficentes da região.

Domingo Aéreo no PAMA-LS
Local: Avenida Brigadeiro Eduardo Gomes, S/N, Vila Asas, Lagoa Santa
Dia: Domingo (30/09)
Horário: 9h às 17h

Por Juliana Ferreira,

Fonte: R7 MG

LEIA MAIS

Operação da Polícia Militar prende cinco em Belo Horizonte


Treze motocicletas foram apreendidas.
Ação foi realizada nos bairros Taquaril e Alto Vera Cruz.


Cinco pessoas foram presas na operação “Impacto Absoluto” da Polícia Militar (PM), nesta sexta-feira (28), nos bairros Taquaril e Alto Vera Cruz, na Região Leste da capital mineira.

Segundo a corporação, foram cumpridos 15 mandados de busca e apreensão. Bares foram fiscalizados, e blitze foram feitas na entrada dos bairros. A polícia informou que 13 motocicletas, duas máquinas caça-níqueis e pedras de crack foram apreendidas.

Segundo a PM, foram feitos 18 boletins de ocorrência e 25 autos de infração de trânsito. Semanalmente, a operação é realizada em vários pontos da cidade.

Fonte: G1 MG

LEIA MAIS

Casa de agentes penitenciários é atingida por bomba em Campo Belo


Explosão de artefato atingiu duas residências no bairro Oliveiros.
Três agentes e um psicólogo do presídio da cidade moram no local.

Veja vídeo no G1

Uma bomba danificou a estrutura de duas casas no bairro Oliveiros em Campo Belo (MG) na madrugada deste sábado (29). Segundo a Polícia Militar, três agentes penitenciários da Subsecretaria de Administração Prisional (Suapi) e um psicólogo do presídio da cidade moram em uma das casas atingidas. Durante a explosão, apenas uma agente estava no local, mas não foi atingida.

A explosão derrubou duas paredes, estragou parte da laje de uma das casas e estilhaçou vidros. Na outra residência, estavam uma mulher e uma criança, mas eles também não foram atingidos. A perícia da Polícia Civil foi até o local, mas ainda não tem informações sobre o tipo de artefato usado na explosão.

Até a publicação desta nota, nenhum suspeito havia sido preso.




LEIA MAIS

Por amor, mães entregam os próprios filhos à polícia do Rio


Babá disse que tinha medo de que filho fosse morto em confronto.
“Entreguei o meu filho para que ele pudesse se defender”, diz outra mãe.

Eram 6h da manhã de segunda-feira (17), quando pai e mãe entraram na delegacia do Leblon e pediram para falar com a delegada Flávia Monteiro. O motivo? Amor incondicional, esperança na ressocialização e luta pela sobrevivência do filho. “Foi a decisão mais difícil da minha vida. Mas não queria ver meu filho morto durante uma troca de tiros com a polícia. Não conseguia dormir imaginando o que estava acontecendo com ele nas ruas”, diz a babá Cirlene Maria da Silva, mãe de Rafael da Silva Barros, de 18 anos, suspeito da morte do soldado da PM Diego Bruno Barbosa Henriques.

O mesmo amor fez com que Luciene, moradora do bairro da Jacutinga, em Mesquita, Baixada Fluminense, pegasse o telefone no dia 13 de setembro e discasse para o 190. Seu filho, o menor de 16 anos conhecido pelo apelido de Foca, é apontado como o terceiro homem na hierarquia do tráfico da Chatuba, e suspeito de ter participado da chacina de nove pessoas no início do mês.

elegada Flávia Monteiro ganhou a confiança dos pais para entregar filho à polícia
(Foto: Janaína Carvalho/G1)

Mas Luciene, diferente de Cirlene, ainda acreditava na inocência do filho quando o entregou à polícia. “Entreguei o meu filho para que ele pudesse se defender. Ele não quer ser acusado por esse crime”, contou a mãe na delegacia no dia que entregou o filho. Quatro dias após ser preso, Foca confessou ter matado pelo menos uma das nove vítimas da chacina.

Na última terça-feira (25), policiais da Chefia de Polícia Civil, no Centro do Rio, foram surpreendidos por um casal que chegou ao local acompanhado de um jovem de 22 anos. Maurício Silva Conceição foi levado pelos próprios pais para se entregar à polícia. Ele é suspeito de ter matado o policial federal Jonas Climaco da Cunha, no subúrbio do Rio, no dia 23, durante uma tentativa de assalto.

‘Me desculpa filho, mas eu fiz isso por amor’
Cirlene e Antônio Fernando, pais de Rafael, foram à delegacia informar à polícia onde o filho poderia ser encontrado. O pai acompanhou a delegada e os agentes na hora da prisão. “A mãe ficou na delegacia e o pai foi na viatura conosco. Na hora da abordagem, pedi que ele ficasse no carro por motivo de segurança. Quando voltamos com o Rafael para o carro, o pai o abraçou e disse: ‘Me desculpa filho, mas eu fiz isso por amor’. E depois disso, eles ficaram com o filho o tempo inteiro, até ele ser encaminhado para a Divisão de Homicídios, que é a responsável pelo caso”, contou a delegada Flávia Monteiro, adjunta da 14ª DP (Leblon).

Duas semanas após ver o filho chegando algemado na delegacia do Leblon, Cirlene ainda não está totalmente tranquila. “Agora meu coração está um pouco mais aliviado porque sei que ele está vivo, mas ainda está partido porque desde que ele foi preso que não consigo vê-lo”, diz a babá, lembrando que no último dia que esteve com o filho disse a ele que jamais o deixaria sozinho, em hipótese nenhuma.

Na véspera da prisão, Rafael foi visto por um tio dormindo embaixo de um viaduto em Botafogo, na Zona Sul da cidade. Assim que souberam o paradeiro do filho, Cirlene e Antônio foram atrás do filho. Era 1h da madrugada de segunda-feira (17), quando os pais chegaram no viaduto.

“Falei para ele se entregar, disse que não o deixaria sozinho, mas ele ficou com medo. Saímos dali e conversei muito com o pai dele. Foi uma decisão muito difícil para nós, mas foi melhor do que vê-lo morto. Sei que nesses anos lá (prisão), ele vai aprender e não vai querer passar por isso outra vez”, disse a mãe, acreditando que o filho se torne uma pessoa honesta e trabalhadora quando sair da prisão.

Rafael foi preso pela primeira vez em março desse ano, uma semana depois de ter completado 18 anos. Ele foi preso por tráfico de drogas e foi apenas nesse dia que a mãe teve certeza que ele tinha envolvimento com a criminalidade. “Nunca vi ele com arma na não. Ele chegava em casa cedo e não o via em más companhias. Não imaginava uma coisa dessa. Minha família é toda trabalhadora. Somos pessoas humildes, mas sempre demos bom exemplo”, disse Cirlene, que trabalha como babá na Zona Sul do Rio.

Foi justamente a prisão por tráfico de drogas que deu à família de Rafael a confiança de entregá-lo à delegada Flávia Monteiro. “Na primeira vez que pegaram ele, ela conversou muito com a gente e deu muitos conselhos ao Rafael. Disse que ele era um rapaz novo, que poderia mudar de vida. Foi por isso que confiamos nela para entregar nosso filho”.

Delegado diz que confiança dos pais é muito importante
Antes de entregá-lo à polícia, Luciene não via o filho há cerca de quatro meses, pois ele era foragido de um Centro de Recurso Integrado de Atendimento ao Menor (Criam) da Baixada Fluminense. “Ele foi preso porque estava dirigindo sem habilitação e estava com outros dois garotos no carro e drogas”, lembra Luciene. O adolescente ficou no Criam de janeiro a maio deste ano e, desde a fuga, a mãe só conversava com ele por telefone, quando Foca Ligava para ela. Depois de o filho ter admitido à polícia que matou o cadete da PM, Luciene preferiu não falar mais sobre o caso.

Após a prisão de Maurício, suspeito de ter matado o policial federal, o delegado da Divisão de Homicídios (DH), Rivaldo Barbosa, afirmou que a confiança que muitos pais têm demonstrado, se deve ao trabalho diferente que a polícia tem realizado. “Agradecemos a esses pais a confiança que eles têm tido na polícia. Isso é muito importante e eles são um ótimo exemplo a ser seguido. Isso é uma demonstração de amor ao filho”, afirmou Rivaldo.

Por Janaína Carvalho

Fonte: G1 Rio

LEIA MAIS

Governo de MG, PM-SP e 8 órgãos abrem prazo para 5,6 mil vagas


Os salários chegam a R$ 14.976 no Grupo Hospitalar Conceição, no RS.
Somente no governo de Minas Gerais são 3.410 vagas.

Pelo menos 10 órgãos abrem inscrições nesta segunda-feira (1º) para 5.652 vagas e formação de cadastro de reserva em cargos de todos os níveis de escolaridade. Os salários chegam a R$ 14.976 no Grupo Hospitalar Conceição, no Rio Grande do Sul. Somente no governo de Minas Gerais são 3.410 vagas.

Os órgãos que abrem as inscrições são os seguintes: Câmara Municipal de Cascavel (PR), governo de Minas Gerais, Grupo Hospitalar Conceição, no Rio Grande do Sul, Polícia Militar do Estado de São Paulo, Prefeitura de Ananindeua (PA), Prefeitura de Betim (MG), Prefeitura de Coronel Murta (MG), Prefeitura de Jati (CE), Prefeitura de Limeira (SP) e Prefeitura de Sabinópolis (MG).

Câmara Municipal de Cascavel (PR)
A Câmara Municipal de Cascavel (PR) divulgou edital de concurso público para 52 vagas em cargos de nível alfabetizado, fundamental, médio e superior. Os salários vão de R$ 1.025,57 a R$ 2.630,53 (veja aqui o edital).

Os cargos de nível superior são para assessor de comissão permanente de economia, finanças e orçamento, assessor de comissão permanente de viação, obras públicas e urbanismo, assessor de comissão permanente de educação, cultura e desporto, assessor de comissão permanente de saúde e assistência social e jornalista repórter.

As vagas de nível médio são para oficial legislativo I e II e recepcionista.

Os postos de nível alfabetizado e fundamental são para agente administrativo nas funções de copeiro e zeladora, agente de segurança, agente de serviços gerais, guarda patrimonial e motorista.

As inscrições podem ser feitas entre os dias 1º e 31 de outubro pelo site www.saber.srv.br. A taxa é de R$ 20 para nível alfabetizado e fundamental, R$ 30 para nível médio e R$ 60 para nível superior.

Os candidatos também podem se inscrever presencialmente na sede da câmara, localizada na Rua Pernambuco, 1843, de segunda a sexta-feira, das 9h às 11h30 e das 14h às 17h.

A prova objetiva será aplicada no dia 25 de novembro. Ainda haverá prova de títulos para os cargos de assessor de comissão permanente e jornalista repórter.

O concurso terá validade de 2 anos e poderá ser prorrogado, uma única vez, pelo mesmo período.

Governo de Minas Gerais
O governo de Minas Gerais abriu concurso para 3.410 vagas para agente de segurança penitenciário na Secretaria de Estado de Defesa Social do Estado de Minas Gerais - 2.960 para o sexo masculino e 450 para o sexo feminino (veja aqui o edital).

O candidato deve ter concluído o ensino médio. O salário é de R$ 1.954,67 para jornada de 40 horas semanais, podendo ser em regime de escala, incluindo o período noturno, sábados, domingos e feriados.

As vagas são para os estabelecimentos prisionais das Regiões Integradas de Segurança Pública.

As inscrições devem ser feitas pelo site www.ibfc.org.br de 1º a 30 de outubro. A taxa é de R$ 50.

O concurso terá prova objetiva de múltipla escolha e redação, prova de condicionamento físico por testes específicos, exames psicológicos, comprovação de idoneidade e conduta ilibada, exames médicos e curso de formação técnico-profissional.

Todas as provas, testes ou exames serão realizadas em Belo Horizonte, ressalvadas a primeira e sexta etapas, correspondentes à prova objetiva de múltipla escolha e redação na qual o candidato poderá optar pelo município que quer realizar a prova.

A aplicação da prova objetiva está prevista para o dia 2 de dezembro, com duração de 5 horas.

Grupo Hospitalar Conceição, no Rio Grande do Sul
O Grupo Hospitalar Conceição, no Rio Grande do Sul, divulgou edital de concurso público para 48 vagas e formação de cadastro de reserva em cargos de nível fundamental, médio e superior. Os salários vão de R$ 975,60 a R$ 14.976. As vagas são para os hospitais Nossa Senhora da Conceição, Cristo Redentor e Fêmina. Todas as vagas são para Porto Alegre. O edital ainda não foi divulgado.

Os cargos de nível superior são para engenheiro civil, engenheiro ambiental e médico nas áreas de anestesiologia, cardiologista, clínica médica, ecocardiografia, eletroencefalografia, emergencista, hemodinâmica e cardiologia intervencionista, medicina intensiva, medicina intensiva pediátrica, oncologia, patologia, pneumologia e radiologia e diagnóstico por imagem.

A vaga de nível médio é para técnico em histopatologia.

Os postos de nível fundamental são para atendente de nutrição, auxiliar geral e cozinheiro.

As inscrições devem ser feitas no período de 1º de outubro a 12 de novembro pelo site www.fundacaolasalle.org.br/concursos. A taxa é de R$ 42 para nível fundamental, R$ 52 para nível médio e R$ 92 para nível superior.

A prova será aplicada no dia 16 de dezembro, na cidade de Porto Alegre.

O concurso terá 2 anos de validade e poderá ser prorrogado pelo mesmo período.

Polícia Militar do Estado de São Paulo
A Polícia Militar do Estado de São Paulo divulgou edital de concurso público para 26 vagas de cargos de 2º tenente médico PM estagiário e 2º tenente farmacêutico PM estagiário. O salário é de R$ 5.501,30 (veja aqui o edital).

Para participar da seleção os candidatos devem ter nível superior em medicina ou em farmácia, no máximo 35 anos de idade e registro no conselho regional de sua especialidade.

As vagas para o cargo de 2º tenente médico PM estagiário são para as especialidades de anestesia, cardiologia, cirurgia geral, cirurgia plástica, clínica médica, dermatologia, endocrinologia, endoscopia, fisiatria, gastroenterologia clínica, hematologia, infectologia, medicina do trabalho, medicina de urgência, medicina intensiva, neurocirurgia, neurologia, oncologia, ortopedia e traumatologia, otorrinolaringologia, pneumologia, proctologia, psiquiatria, radiologia, reumatologia e urologia. Para o cargo de 2º tenente farmacêutico PM estagiário, os candidatos devem ter nível superior em farmácia.

A seleção será feita por meio de prova escrita, prova oral, exame de saúde, prova de condicionamento física, exame psicológico, investigação social e análise de documentos e títulos.

As inscrições devem ser feitas no período de 1º de outubro a 1º novembro pelo site www.vunesp.com.br. A taxa é de R$ 200.

A prova escrita está prevista para o dia 16 de dezembro, a partir das 13h, em São Paulo.

O concurso terá 2 anos de validade e poderá ser prorrogado pelo mesmo período.

Prefeitura de Ananindeua (PA)
A Prefeitura de Ananindeua (PA) divulgou edital de concurso público para 1.199 vagas em cargos de nível fundamental, médio e superior. São 900 vagas imediatas e 299 para formação de cadastro de reserva. Os salários vão de R$ 622,00 a R$ 2.071,58 (veja aqui o edital).

Os cargos de nível superior são para analista municipal - serviços estratégicos nas áreas de desenvolvimento do turismo, arquitetura, planejamento urbano, urbanismo, engenharia civil, habitação, infraestrutura e saneamento urbano e vigilância ambiental, analista municipal - gestão nas áreas de auditoria contábil, auditoria econômico-financeira e auditoria de sistemas, comunicação social, jornalismo e relações públicas, contabilidade, economia, secretaria executiva e de análise de sistemas, suporte em sistemas, administração de banco de dados, ciência da computação, desenvolvimento de sistemas e tecnologia em informática, analista municipal - serviços estratégicos nas áreas de biologia, engenharia sanitária e de auditoria médica, analista de segurança do trabalho, médico nas áreas de anestesiologia, cardiologia, cirurgia geral, clínica médica, gastroenterologia, ginecologia e obstetrícia, ortopedia e traumatologia, pediatria, saúde da família e de urologia, médico do trabalho - higiene e medicina do trabalho.

As vagas de nível médio são para técnico municipal - suporte administrativo nas áreas de acervo documental/ arquivologia, administração de pessoas, contabilidade básica, técnico municipal - suporte especializado nas áreas de técnicas de turismo, fiscalização e controle de trânsito, técnica de esporte e recreação.

Os postos de nível fundamental são para auxiliar municipal - apoio administrativo, auxiliar municipal - apoio operacional na área de conservação, manutenção e limpeza de cemitérios, auxiliar municipal - apoio administrativo nas funções de motorista, coperia/servente, manutenção elétrica, manutenção hidráulica, vigilância e segurança e serviços gerais/servente.

As inscrições devem ser feitas no período de 1º a 25 de outubro pelo site www.fundacaocetap.com.br. A taxa é de R$ 30 para nível fundamental, R$ 40 para nível médio e R$ 50 para nível superior.

A prova objetiva está prevista para o dia 25 de novembro.

O concurso terá 2 anos de validade e poderá ser prorrogado por igual período.

Prefeitura de Betim (MG)
A Prefeitura de Betim (MG) abriu concurso público para 61 vagas em cargos de nível médio e superior. Os salários variam de R$ 976,95 a R$ 2.853,64 (veja aqui o edital).

Os cargos de nível superior são para advogado, assistente social, engenheiro civil, engenheiro eletricista, agente ambiental, auditor fiscal de tributos municipais, psicólogo e contador.

As vagas de nível médio são para agente ambiental, oficial de administração e técnico de contabilidade.

As inscrições podem ser feitas entre os dias 1º e 31 de outubro pelo site www.contagem.mg.gov.br/concursos ou www.betim.mg.gov.br. A taxa é de R$ 40 para nível médio e R$ 60 para nível superior.

Também é possível se inscrever presencialmente no centro administrativo da prefeitura, localizado na Rua Pará de Minas, 640, de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h30, ou na sede da organizadora, localizada na Rua Portugal, 8, Contagem, das 9h às 12h e das 13h às 16h.

A prova objetiva será aplicada no dia 25 de novembro.

Prefeitura de Coronel Murta (MG)
A Prefeitura de Coronel Murta MG) divulgou edital de concurso público para 98 vagas em cargos de nível fundamental, médio e superior. Os salários vão de R$ 317 a R$ 5.654 (veja aqui o edital).

Os cargos de nível superior são para orientador educacional, professor de educação física, geografia, história, informática, inglês, literatura, supervisor pedagógico, assistente social, biomédico, bioquímico, cirurgião-dentista, enfermeiro, engenheiro civil, farmacêutico, fonoaudiólogo, médico, nutricionista e psicólogo.

As vagas de nível médio são para auxiliar administrativo, auxiliar de saúde bucal, auxiliar de farmácia, auxiliar de laboratório, auxiliar de secretaria, fiscal do meio ambiente, fiscal sanitário, técnico de enfermagem, técnico em higiene dental, técnico em patologia clínica, técnico em radiologia e técnico em segurança do trabalho.

Os postos de nível fundamental são para ajudante de transporte escolar, bombeiro hidráulico, coveiro, motociclista, motorista, motorista de caminhão, motorista de ônibus, operador de máquina pesada, operador trator agrícola, operário, pedreiro e vigia.

As inscrições devem ser feitas no período de 1º a 31 de outubro pelo site www.jmsbhz.com.br/concurso. A taxa vai de R$ 15 a R$ 100.

Os candidatos também podem se inscrever presencialmente na sede da secretaria de educação, localizada na Praça Nossa Senhora Aparecida, s/nº, das 8h às 11h e das 13h às 17h.

A prova objetiva está prevista para o dia 2 de dezembro. Ainda haverá prova prática para motociclista, motorista, motorista de caminhão, motorista de ônibus, operador de máquina pesada e operador de trator agrícola.

O concurso terá 2 anos de validade e poderá ser prorrogado pelo mesmo período.

Prefeitura de Jati (CE)
A Prefeitura de Jati (CE) divulgou edital de concurso público para 51 vagas em cargos de nível fundamental, médio e superior. Os salários vão de R$ 622 a R$ 2.500 (veja aqui o edital).

Os postos de nível fundamental são para agente comunitário de saúde e agente de combate às endemias.

As vagas de nível médio são para atendente de consultório dentário, eletricista, técnico de higiene dental, técnico de enfermagem, técnico em prótese dentária e tratorista.

Os cargos de nível superior são para cirurgião-dentista (buco maxilofacial, dentística, endodontista, ortodontista, periodontista e PSF), enfermeiro, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, médico PSF, cardiologista, ginecologista, ortopedista e pediatra, nutricionista e veterinário.

As inscrições podem ser feitas no período de 1º a 11 de outubro pelo site www.promunicipio.com. A taxa é de R$ 60 para nível fundamental, R$ 80 para nível médio e R$ 120 para nível superior.

Todos os candidatos serão avaliados por meio de prova objetiva. Haverá prova de títulos para os cargos de nível superior.

A prova objetiva será aplicada no dia 28 de outubro.

O concurso tem validade de 2 anos e pode ser prorrogado por igual período.

Prefeitura de Limeira (SP)
A Prefeitura de Limeira (SP) divulgou dois editais, sendo um de concurso e outro de processo seletivo, para 643 vagas em cargos de nível fundamental, médio e superior. Os salários variam de R$ 837,04 a R$ 7.343,24 (veja aqui o edital).

No edital nº 03 são 636 vagas. Os cargos de nível superior são para administrador de cultura, fiscal de obras especializado, fiscal de serviços, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, médico alergologista, anestesista, cirurgião de cabeça e pescoço, cirurgião geral, cirurgião plástico, ecocardiografista fetal, endocrinologista, endoscopista, gastroenterologista, geriatra, hebiatra, mastologista, neuropediatra, obstetra de alto risco, oncologista, pneumologista adulto, psiquiatra infantil, radiologista, ultrassonografista, médico diarista II, médico plantonista (Samu), psicólogo, tecnólogo em saneamento e terapeuta ocupacional.

As vagas de nível médio são para agente de trânsito, auxiliar de farmácia, auxiliar de laboratório, cadastrador, coordenador de arrecadação, desenhista projetista, professor de artes plásticas, técnico de aparelhos médicos e odontológicos, técnico de equipamentos e diagnósticos em saúde, técnico em citopatologia, técnico em eletrônica e telecomunicações, técnico em patologia, técnico orçamentário e técnico viário.

Os postos de nível fundamental são para auxiliar odontológico, coveiro, cardiologista, merendeiro escolar, motorista de veículos leve e pesado, oficial de manutenção (carpinteiro, eletricista, encanador, pedreiro e de áreas ambientais), oficial de máquinas especiais (operador de escavadeira hidráulica, pá carregadeira, retroescavadeira, rolo compressor, trator de lâmina sobre esteira e motoniveladora), padeiro e vigilante patrimonial.

No processo seletivo nº 05 são 7 vagas para agente comunitário de saúde (nível fundamental) e médico diarista PSF (nível superior).

As inscrições devem ser feitas no período de 1º a 15 de outubro pelo site www.institutomais.org.br. A taxa varia de R$ 25 a R$ 55.

Os candidatos também podem se inscrever na sede da prefeitura, localizada na Rua Prefeito Dr. Alberto Ferreira, 179, de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h às 16h.

Todos os candidatos serão avaliados por meio de prova objetiva. Ainda haverá prova prática para motorista de veículos leve, motorista de veículos pesado, motorista escolar de veículos leves e pesados, oficial de máquinas especiais - operador de escavadeira hidráulica, oficial de máquinas especiais - operador de pá-carregadeira, oficial de máquinas especiais - operador de retro-escavadeira, oficial de máquinas especiais - operador de rolo-compressor, oficial de máquinas especiais - operador de trator de lâmina sobre esteira, oficial de máquinas especiais - operador de motoniveladora e padeiro, e teste de aptidão física para agente de trânsito e vigilante patrimonial.

As provas objetivas serão aplicadas no dia 11 de novembro.

O concurso e o processo seletivo terão 2 anos de validade e poderão ser prorrogados uma vez pelo mesmo período.

Prefeitura de Sabinópolis (MG)
A Prefeitura de Sabinópolis (MG) abriu concurso público para 64 vagas em cargos de nível fundamental, médio e superior. Os salários variam de R$ 653,10 a R$ 9.402,26 (veja aqui o edital).

Os postos de nível fundamental são para ajudante geral, auxiliar de mecânico de manutenção, auxiliar de serviços gerais, bombeiro hidráulico, calceteiro, carpinteiro, coveiro, eletricista, encarregado de obras, lanterneiro, motorista, operador de máquinas, padeiro, pedreiro, soldador, tratorista e vigia.

As vagas de nível médio são para auxiliar administrativo, auxiliar de consultório dentário, auxiliar de secretaria, fiscal de obras, fiscal de tributos, mecânico de manutenção, monitor de creche, técnico agrícola, técnico de enfermagem, técnico em laboratório e telefonista.

Os cargos de nível superior são para bibliotecário, cirurgião-dentista, enfermeiro, farmacêutico, médico PSF, professor de educação básica de educação infantil e supervisor pedagógico.

As inscrições podem ser feitas pelo site www.agoraconsultoria.srv.br entre os dias 1º e 19 de outubro. A taxa varia de R$ 30 a R$ 150.

Também é possível se inscrever presencialmente no salão paroquial da igreja matriz, localizada na Praça Monsenhor Amantino, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h.

A prova objetiva será no dia 18 de novembro. O horário e os locais serão divulgados no site da organizadora.

O concurso terá validade de 2 anos e poderá ser prorrogado por igual período.

LEIA MAIS

sábado, 29 de setembro de 2012

Corpo de Hebe Camargo é velado na sede do governo de São Paulo


Apresentadora morreu na madrugada deste sábado aos 83 anos.
Enterro está marcado para este domingo (30), às 9h30.

O cantor Roberto Carlos chora no velório de Hebe Camargo 
(Foto: Nelson Antoine/Fotoarena/Folhapress)

O corpo de Hebe Camargo começou a ser velado na noite deste sábado (29) no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo do Estado de São Paulo, no Morumbi. Hebe morreu de madrugada em casa após sofrer uma parada cardíaca, ao se deitar para dormir, segundo a assessoria de imprensa do SBT. Ela lutava contra um câncer desde 2010.


O corpo da apresentadora, um dos ícones da televisão brasileira, chegou ao local do velório por volta das 19h deste sábado. Já o sepultamento está marcado para as 9h30 deste domingo (30), no cemitério Gethsemani, afirmam funcionários do local e o governo do Estado de São Paulo.

Leia mais e assista vídeos no http://g1.globo.com

LEIA MAIS

SE: polícia apreende 325 kg de maconha do traficante Zé Pequeno


A droga apreendida estava distribuída em três casas na região metropolitana de Aracaju 
Foto: Polícia Civil/Divulgação

A polícia apreendeu 325 kg de maconha e cerca de 12 kg de cocaína pura em três casas na cidade de São Cristóvão, região metropolitana de Aracaju. A droga pertencia ao presidiário Antônio Carlos da Silva, o Zé Pequeno, 29 anos, que comandava uma rede de tráfico de dentro do presídio de Areia Branca.

As autoridades chegaram até a droga após investigações do Departamento de Narcóticos da Polícia Civil (Denarc). Além do material apreendido, quatro pessoas foram presas. Os dois homens e as duas mulheres faziam parte da associação criminosa e eram encarregados de armazenar e vender a droga.

LEIA MAIS

RS: mulher é presa com maconha transgênica em Santa Maria


Droga transgênica encontrada com a mulher estava dividida em pequenos pacotes
Foto: Polícia Civil/Divulgação

Uma mulher de 28 anos foi presa em Santa Maria, na região central do Rio Grande do Sul, com 1,125 kg de maconha trangênica. A prisão ocorreu na noite de sexta-feira.

A mulher não tinha antecedentes criminais, de acordo com a Polícia Civil. Ela foi abordada na Vila Alto da Boa Vista. A droga estava dividida em pequenos pacotes, todos embalados, e seria destinada à venda de entorpecentes na região.

Presa em flagrante por tráfico de drogas, a mulher, cuja identidade não foi revelada, foi encaminhada ao sistema prisional.

LEIA MAIS

Ex-PM integrante da milícia 'Liga da Justiça' é morto no RJ


Disque-Denúncia oferecia recompensa de R$ 5 mil pela captura do miliciano Carlão
Foto: Divulgação

O ex-policial militar Carlos Ari Ribeiro, o Carlão, acusado de integrar a milícia "Liga da Justiça", foi morto na tarde deste sábado, no Rio de Janeiro (RJ). De acordo com a Polícia Civil, Carlão morreu durante uma operação no bairro de Cosmos.

Segundo a polícia, o ex-agente teria reagido à ação. Houve troca de tiros e Carlão acabou sendo baleado. Ele foi encaminhado ao hospital Rocha Faria, mas chegou morto à unidade.

Carlão foi apontado pela polícia como um dos principais matadores da milícia "Liga da Justiça", com atuação na zona oeste do Rio. Antes de ser preso, em julho de 2010, o agente já havia sido expulso da corporação após ser submetido ao Conselho de Revisão de Disciplina (CRD). Ele foi acusado de envolvimento em pelo menos 16 homicídios. Na PM, havia sido preso quatro vezes.

Condenado a 7 anos por porte ilegal e receptação, o ex-policial fugiu do Batalhão Especial Prisional (BEP) em setembro do ano passado. O Disque Denúncia oferecia R$ 5 mil por informações que levassem à sua captura.

LEIA MAIS

Polícia destrói plantação com 160 mil pés de maconha no Maranhão


Foram encontrados 160 mil pés de maconha em uma fazenda de 30 mil m²
Foto: Polícia Civil/Divulgação

Uma operação policial desencadeada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) do Maranhão resultou na erradicação da maior plantação de maconha localizada em uma só área dos últimos dois anos no Estado. Foram encontrados 160 mil pés de maconha em uma fazenda de 30 mil m², localizada no Povoado Boca da Mata, no município de Vargem Grande, interior do Maranhão.

O Serviço de Inteligência da SSP já vinha monitorando a área há cerca de 30 dias e, nesta sexta-feira, membros do Grupamento Tático Aéreo (GTA), do Departamento de Narcóticos (Denarc), da Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI) e da Delegacia Regional de Itapecuru, deflagraram a operação para destruir a plantação, que contou com o auxílio de duas aeronaves.

A plantação era mantida com o uso de alta tecnologia de irrigação, com adubos químicos para maximizar a qualidade da terra, bombas hidráulicas automatizadas, utilização de calcário para correção do solo e, ainda, defensivos agrícolas usados no combate a doenças e pragas que eventualmente atacam as plantações.

De acordo com o secretário de Segurança Aluísio Mendes, a quantidade e a qualidade do plantio assustam. "A localidade era mantida por profissional especializado neste tipo de crime. Já participei de muitas ações de erradicação de maconha, mas há muito não se via uma plantação tão grande em uma só área e de qualidade de plantio tão alta", ressaltou Mendes.

Uma escopeta calibre 12 semi-automática de fabricação americana, 60 cartuchos intactos da arma e aproximadamente 450 kg de maconha, já colhida e pronta para comercialização, foram apreendidos. Ainda segundo Aluísio Mendes, cada pé de maconha colhido e seco geraria cerca de 250 gramas da droga para serem vendidas. Contabilizando todo o plantio, este poderia gerar até 4 toneladas da substância entorpecente sendo comercializada. "Isso, levando-se em consideração somente o plantio encontrado. A droga a ser comercializada em breve poderia ser bem maior já que o ciclo produtivo da maconha, entre plantio e colheita, é em torno de 4 meses", explicou.

Adailson de Sá Ferreira, o Dal, natural de Pernambuco e proprietário da fazenda, foi preso em flagrante por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. Segundo informações da polícia, Adaílson Ferreira já responde por homicídio e tráfico de drogas em seu estado de origem. Ele teria vindo ao Maranhão com um grupo de pernambucanos com a intenção única de plantar e comercializar maconha no interior.

Ele ainda é suspeito de ter assassinado um homem, ainda não identificado, há alguns meses em sua fazenda, em Vargem Grande. O crime teria sido cometido porque a vítima teria visto a plantação de maconha. Foram apreendidas, também, várias documentações e aparelhos celulares que podem levar à prisão de outras pessoas envolvidas.

LEIA MAIS

Terceiro policial militar é baleado em menos de três horas em São Paulo


Crime aconteceu no bairro Cidade Dutra, na zona sul da capital

Hélio Torche/AE/AE

Policial foi morto enquanto estava de folga

Mais um policial foi baleado na noite desta sexta-feira (28), no bairro Cidade Dutra, zona sul da capital paulista. Foi o terceiro agente da corporação ferido em pouco mais de três horas na cidade. Socorrido, ele não resistiu aos ferimentos e morreu.

Segundo as primeiras apurações da polícia no local, o policial militar da 2ª companhia do 27º Batalhão chegou em casa e, em seguida, seguiu para um bar próximo. Pouco depois, homens armados entraram no local perguntando por um policial. O agente se identificou e acabou sendo baleado.

Levado ao pronto-socorro do hospital Balneário São José, ele não resistiu e morreu. Desfecho semelhante teve um policial militar baleado por volta das 18h desta sexta no Jabaquara. Outro PM baleado na mesma ocorrência segue internado e seu estado de saúde é considerado estável.

Os casos serão investigados pelo DHPP (Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa).

Assista ao vídeo:


Fonte: Agência Record / R7

LEIA MAIS

Alunos do curso de soldado doam sangue e medula em Porto Velho


'Gincana Solidária' quer incentivar o hábito da doação.
Cerca de 250 futuros policiais militares participam do evento na Fhemeron.

Alunos aguardam a vez para doar sangue 
(Foto: Ivanete Damasceno/G1)

Cerca de 250 alunos do curso de soldado da Polícia Militar (PM) participam da 'Gincana Solidária' neste sábado (29) em Porto Velho. O objetivo da gincana é coletar bolsas de sangue para a Fundação Hemocentro de Rondônia (Fhemeron) e para o cadastro de medula óssea.

"Com a gincana incentivamos a solidariedade de nossos soldados e ajudamos a manter o estoque de sangue da Fhemeron", afirma o coronel Pachá, diretor de Ensino da Polícia Militar.

Denílson doa sangue pela primeira vez
(Foto: Ivanete Damasceno/G1)

O aluno Denílson Souza de Lima, de 29 anos, doou sangue pela primeira vez. "Eu estava com muito medo da agulha, com medo de doer. Vim por incentivo da corporação e vou continuar doando", garante o futuro policial, que deve se formar em dezembro deste ano.

A técnica de enfermagem Vanderléia Soares diz que o que assusta as pessoas é o tamanho da agulha. "Na ponta da agua tem um laser, que faz com que não haja dor, que é praticamente psicológica", diz.

Fonte: G1 RO

LEIA MAIS

SERGIPE - PM TEM HOJE, 1.604 POLICIAIS DISPONÍVEIS.



O número de policiais militares disponíveis para o trabalho ostensivo, segundo informações passadas à redação do FAXAJU on-line, na manhã desta sexta-feira (28), pode criar um clima de insegurança nas eleições municipais que acontecem no próximo dia 7 de outubro.

O numero de policiais militares desviados de função tem sido alvo de diversas criticas, já que o efetivo da PM encontra-se reduzido, e mais preocupante ainda, é o numero que há à disposição do comando para que este faça a segurança de todo o estado.

Segundo o militar que enviou o e-mail ao FAXAJU, a policia militar de Sergipe tem hoje um efetivo de 4.078 homens que fazem parte da corporação e que estariam à disposição do comando, porem esse número se reduz em muito, devido aos que estão fora por desvio de função, férias, doenças ou respondendo a algum procedimento.

No e-mail, o militar diz que são aproximadamente 879 os desviados de função; 399 PMs aguardam em casa para irem para a reserva (aposentadoria); 457 policiais baixados; 523 de férias; mais 281 que estão gozando licenças especiais; e ainda 334 que se encontram com restrição médica. Isso significa que 2.474 policiais estão fora da escala de trabalho e como todo o efetivo é 4.078, restam apenas1.604 PMs à disposição para o trabalho, sendo que esse número pode aumentar, e chegar a 2.108, já que os que estão de férias ou licenças especiais podem ser convocados para o trabalho.

Veja o que diz o e-mail:

“Hoje o efetivo da PM na ativa 4.078; desses há 399 que estão aguardando em casa, policiais baixados 457, policiais á disposição de outros órgãos 879, policiais de ferias 523, de licenças especiais 281, fora os policiais com restrições médicas que perfaz 334, mas o Sr. Coronel Iunes disse que escalou 2.886 policias.”

Com esse número de militares, fica complicado manter a segurança e a ordem em todo o estado, principalmente no interior do estado, onde os ânimos estão acirrados por conta do pleito que se aproxima.

Em apenas três municípios, Lagarto, Capela e Poço Verde, em menos uma semana, vários registros policiais foram feitos por conta de desavenças políticas.

Fonte: Faxaju (Munir Darrage) / AMESE

LEIA MAIS

27ª Cia PM Ind homenagea Policiais Femininas


Comemoração do Aniversário de inclusão mulher na Polícia Militar de Minas Gerais

Na manhã do dia 28/09/212, o Sr Scmt da 27ª Cia PM Ind, Cap PM Paulo Roberto Ribeiro, presidiu uma solenidade no auditório da Sede da Unidade, em comemoração aos "31 Anos de inclusão da Policial Militar Feminina na PMMG".

Durante a solenidade o Cap Paulo Ribeiro se dirigiu às Policiais Femininas parabenizando-as pela atuação e acentuando a importância da mulher na Polícia Militar e os benefícios de sua inclusão.


Durante o evento, as Policiais Femininas da Unidade foram e homenageadas com um cartão alusivo ao evento e um presente individual.


Após a homenagem, todos se dirigiram ao refeitório, onde foi organizado um caprichado e descontraído café da manhã, com a participação das homenageadas e militares da Sede da Unidade.


Foi um momento muito gratificante, as policiais femininas da 27ª Cia PM Ind ficaram emocionadas com o carinho e a atenção dispensada pelo comando da Unidade e colegas.

Assessoria de Comunicação Organizacional da 27ª Cia PM Ind 
"Sentinela Sul Mineira" Promovendo a Paz Social!

LEIA MAIS

Semana do Transito agitada em Lavras


Em Lavras, a Semana Nacional do transito teve diversas atividades elaboradas em conjunto pelo 8º Batalhão, 6ª Companhia Independente de Transito, Universidade Federal de Lavras e pelos integrantes do Centro de Educação para o Transito, Acessibilidade, Prontosocorrismo e Interdisciplaridade (CETAPI).

Blitz na BR 265 - Policiais Militares, discentes e docentes da UFLA unidos para Educação


No dia 18, início da Semana Nacional de Trânsito, uma blitz educativas foi realizada na BR 265, por policiais militares acompanhados de discentes e docentes da Universidade Federal de Lavras. Foi a primeira vez que profissionais do mundo academico tiveram a oportunidade de participar na prática de uma blitz. " A experiencia foi muito boa, gratificante e tirei várias conclusões, que pretendo abordar em nossas futuras discussões para tentar entendermos o processo educacional de forma transdisciplinar, não formal e multiprofissional", afirmou a professora Maria da Gloria do Departamento de Educação da UFLA.

lançamento oficial do CETAPI - Encontro reune professores da Educação Básica

No dia 20 foi realizado um encontro com professores da Educação Básica. No evento foi apresentado as atividades do programa “Trânsito Acessibilidade, Prontosocorrismo e Interdisciplinaridade na Escola” que será desenvolvido pela equipe do CETAPI, composta por docentes e discentes da UFLA policiais militares de Lavras.

Os professores da rede pública participaram de um nivelamento nas áreas de transito, acessibilidade, prontosocorrismo e interdisciplinaridade, ministrado numa plataforma ambiental pelos componentes do CETAPI. Depois deste treinamento os professores poderão levar seus alunos à Transitolândia da PM, onde participarão de atividades pedagógicas. Segundo a professora Giancarla, do Departamento de Educação Física da UFLA, este encontro foi importante para divulgar as atividades do CETAPI aos profissionais da educação.

Ainda no dia 21, uma campanha de educação para o transito foi realizada no interior da UFLA, visando conscientizar motoristas e pedestres sobre a importância da segurança no trânsito. Mais uma vez, policiais militares, discentes e docentes da UFLA, abordaram motoristas e pedestres e distribuíram dicas de segurança e orientações sobre um trânsito seguro. A professora Elaine Frade, do departamento de Educação da UFLA, ressaltou a importância do mundo acadêmico como multiplicadores do conhecimento e como formadores de opinião pública.

Educação no trânsito para academicos no interior da UFLA

O CETAPI iniciará a capacitação de professores da Educação Básica, a partir do próximo mês. O curso será ministrado por policiais militares do 8º BPM e 6ª Cia Ind Mat, além de professores e alunos da Universidade Federal de Lavras. Para o comandante da 6ª Cia Ind MAT, capitão Ageu, o fato de ter professores na rede pública com formação na área, facilitará a educação do trânsito nas escolas. "O programa do CETAPI é inovador e servirá de exemplo para o país em breve", afirmou o comandante do 8º Batalhão tenente coronel Claret, idealizador do programa.

LEIA MAIS

Interação entre as polícias


No dia 28 de setembro de 2012, por volta das 15h, esteve na 18ª Cia PM Ind, Cidade de Alfenas/MG, o Sr. Celso Ávila Prado, delegado Regional de Alfenas.


A visita a esta Unidade se deu com o propósito de estabelecer contato com o Maj PM Daniel Paulino de Souza, comandante da 18ª Cia PM Ind, e com os militares que desempenham as funções administrativas dessa companhia de polícia.

 

Na estada no quartel PM, o delegado regional foi conduzido pelas instalações e realizou contato com os militares, convidou também o Maj Daniel para a solenidade de posse daquele efetivamente na função que assumira, solenidade que acontecerá no dia 04 de outubro de 2012.

A PM de Alfenas deseja boas vindas a mais um operador do direito que atua no combate à criminalidade em prol da segurança pública do cidadão .

Fonte: Assessoria de Comunicação Organizacional da 18ª Cia PM Ind

LEIA MAIS

O crescente drama do sistema penitenciário



Editorial

Os números do sistema carcerário brasileiro são a medida de uma trágica realidade, tanto pela quantidade de detentos ali recolhidos quanto pelas condições deploráveis das prisões. É um submundo de agressões - morais e físicas - à dignidade humana.

O país tem a quarta maior população carcerária do mundo. São mais de 500 mil presos, literalmente espremidos num complexo penal em que há um crônico déficit de 200 mil vagas. É uma equação perversa: aplicados na prática, estes números se traduzem numa desumana taxa de ocupação de 1,65 preso por vaga (relação que, na América do Sul, só é superada pela Bolívia, com 1,66).

Em algumas unidades a média explode: no presídio Aníbal Bruno (PE) vai a 3,6 detentos por vaga, e no complexo de Pinheiros (SP) a taxa alcança 2,9. No Presídio Central de Porto Alegre chega a 2,2, a mesma relação presos/vaga do Carandiru à época do massacre de 111 presos, em 1992.

São indicadores que inviabilizam programas de ressocialização de presos, um dos princípios que justificam a existência de cadeias. Neles, estão embutidas distorções que não são enfrentadas com a urgência que a questão exige. O número de vagas criadas no sistema não acompanha o ritmo de aumento da população carcerária, o que só potencializa a crítica situação de um complexo prisional já insuficiente para abrigar a atual massa de presidiários.

Disso resulta um problema adicional: sem vagas suficientes nos presídios, cresce o total de réus já condenados que cumprem penas em delegacias, e os chamados presos provisórios. Eles são 40% da massa carcerária, recolhidos a unidades em que as condições são ainda mais degradantes do que nas penitenciárias.

De 2005 a 2011, o volume de presos aumentou 74%, contra um incremento de 66% na capacidade de absorção de novos detentos. Só em São Paulo, o total de réus recolhidos a prisões foi acrescido de pouco mais 12 mil pessoas, contingente próximo ao da população de 75% dos municípios brasileiros (que têm menos de 20 mil habitantes).

É um problema complexo, mas com espaço para soluções mais imediatas. A principal delas é de implementação a curto prazo: construir mais presídios (o país tem um déficit de quase 400 unidades). Isso exige investimentos públicos e vontade política. Ambos são imprescindíveis.

LEIA MAIS

Juristas discutem mudanças na legislação do sistema penitenciário


O Senado criará mais uma comissão de juristas para debater mudanças na legislação brasileira — dessa vez, o objetivo será atualizar a Lei de Execuções Penais. O requerimento para montar o grupo, de autoria do presidente da casa, José Sarney (PMDB-AP), deve ser votado em 16 de outubro. Em seguida, o próprio Sarney vai designar os 11 especialistas que vão propor as alterações na norma, criada em 1984 para tratar diretamente do sistema penitenciário e do cumprimento de penas no país.

Nos últimos quatro anos, a pedido do Senado, especialistas se reuniram em cinco grupos que sugeriram alterações nos códigos Penal, Eleitoral, de Processo Civil, de Processo Penal e de Defesa do Consumidor. O principal debate refere-se ao Código Penal, que está em fase de recebimento de emendas em uma comissão de senadores. A atualização da Lei de Execuções Penais tende a caminhar paralelamente ao código para, segundo a justificativa de Sarney, “tornar a legislação penal no Brasil condizente com a atual realidade de nossa sociedade”.

O secretário de Assuntos Legislativos do Ministério da Justiça, Marivaldo Pereira, reconhece que a lei atual precisa ser modificada, principalmente nos pontos que podem evitar a reincidência no crime. "É preciso evitar que o preso perca seus laços com a família e a vida social, criando condições para seu aprendizado e para trabalhar, o que diminuiria as chances de os detentos voltarem a cometer crimes, tornando o sistema mais eficiente e reduzindo os custos com as prisões", comenta.

A professora de direito penal da Universidade de Brasília (UnB) Beatriz Vargas, porém, critica a tentativa de rever todas as regras de execuções penais baseado na discussão sobre o novo Código Penal. "O fato da lei de execução penal ser de 1984 não depõe em nada contra ela, pois é muito boa e não vejo motivo para jogá-la no lixo e colocar outra da forma como se está fazendo com o código", defende. "A versão (da lei penal) que estão analisando no Congresso tem a falha grave de apostar demais na prisão em detrimento de medidas alternativas e sanções menos rigorosas, que poderiam desafogar o sistema prisional e ressocializar o preso".

A comissão de juristas terá dois meses para receber contribuições da população em audiências públicas e reuniões, e criar um texto consensual com as propostas. O documento será convertido em anteprojeto de lei e vai tramitar na Câmara e no Senado.

"É preciso evitar que o preso perca seus laços com a família e a vida social, criando condições para seu aprendizado e para trabalhar"

Marivaldo Pereira, secretário de Assuntos Legislativos do Ministério da Justiça

As informações são do Correio Braziliense 

Reportagem de Adriana Caitano

LEIA MAIS

Brasil prepara suas defesas contra ataques cibernéticos com R$ 11,4 bi


Foto: Divulgação/EB
Militares brasileiros também preocupados com a proteção à rede nacional de dados

O Governo Dilma Rousseff chancelou investimentos globais da ordem de R$ 11,4 bilhões em defesa cibernética. Além de preocupar-se com o poder militar como mecanismo dissuasório, hoje o Brasil também volta a sua atenção para a proteção de sua rede de interntet, um dos ítens de relevância da defesa nacional. Coube ao Exército a missão de desenvolver e implantar um projeto para eventual aplicação numa ciberguerra.

A defesa cibernética é um dos sete projetos prioritários no âmbito do Exército para os próximos anos, ao lado de outros como recuperação de sua capacidade operacional, implantação da nova família de blindados sobre rodas, sistema de monitoramento de fronteira, proteção de estruturas terrestres, defesa antiaérea e sistema de mísseis e foguetes Astros 2020. Todos eles são estratégicos na visão do Ministério da Defesa e listados no Livro Branco de Defesa Nacional (LBDN).

Recentemente, o ministro da Defesa, Celso Amorim, declarou que o termo “guerra” ainda é exagerado em se tratando dos chamados cibercrimes, entretanto, é inegável que a internet já é um cenário de ataques. Por isso, segundo ele, hoje há uma preocupação do Paísl em proteger também suas fronteiras virtuais.

A preocupação com a defesa cibernética brasileira veio no Livro Branco de Defesa Nacional (LBDN), como um dos projetos estratégicos prioritários do Governo federal e começou a ser materializada com a implantação do  Centro de Defesa Cibernética (CD Ciber). Trata-se de unidade do Exército que desempenha a função de integrar e coordenar as atividades de defesa cibernética no âmbito da força terrestre, em proveito da segurança nacional.

Centro de Defesa Cibernética é comandado pelo general de divisão José Carlos dos Santos, um engenheiro de telecomunicações.

Conforme o Centro de Comunicação Social (CComSEx) do Quartel-General do Exército, a cronologia do projeto de defesa cibernética começa em 2008, com aprovação da Estratégia Nacional de Defesa (END), por meio do Decreto nº 6.703, que estabelece como uma prioridade o desenvolvimento do setor cibernético. Já no ano seguinte, o Exército definiu a diretriz para a implantação do setor cibernético, com a criação do Núcleo do Centro de Defesa Cibernética (Nu CD Ciber).

OPERAÇÃO
A partir de sua criação, o Núcleo do Centro de Defesa Cibernética começou a operar com o objetivo de somar esforços com as organizações já existentes, visando buscar, no campo cibernético, a melhoria da capacitação dos recursos humanos, a atualização doutrinária, o fortalecimento da cultura de segurança cibernética, a doutrina de respostas a incidentes de redes, a incorporação de lições aprendidas e a proteção contra ciberataques.

De acordo com o Exército, atualmente o CD Ciber permanece no desempenho da sua tarefa de integrar e coordenar os esforços dos vetores ligados à defesa cibernética, no âmbito do Ministério da Defesa, e proteger os ativos corporativos.

PROJETOS
O centro conduz dez projetos ligados ao setor cibernético, tais como Planejamento e Execução da Segurança Cibernética, a cargo do Centro Integrado de Telemática do Exército; Estrutura de Capacitação, Preparo e Emprego Operacional, a cargo do Centro de Comunicações e Guerra Eletrônica do Exército; Estrutura de Apoio Tecnológico e Desenvolvimento de Sistemas, a cargo do Centro de Desenvolvimento de Sistemas (CDS); Estrutura de Pesquisa Científica, a cargo do CDS; Gestão de Pessoal, a cargo do Nu CD Ciber; Estrutura para Produção do Conhecimento Oriundo da Fonte Cibernética, a cargo do Nu CD Ciber.

Também são citados: Arcabouço Documental, a cargo do Nu CDCiber; Centro de Defesa Cibernética, a cargo do Nu CDCiber; Rede Nacional de Segurança da Informação e Criptografia (Renasic); e Rádio definido por software. (TG)

A defesa cibernética brasileira entrou em teste durante a Conferência Rio + 20, trabalho que foi realizado por meio das ações de um destacamento de Defesa Cibernética integrado por especialistas da Marinha, Exército, Aeronáutica, Polícia Federal, Agência Brasileira de Inteligência e Agência Nacional de Telecomunicações.

De acordo com o Centro de Comunicação Social (CComSEx) do Exército, o destacamento planejou, integrou e coordenou o esforço dos diversos setores citados, incluindo órgãos como Comitê Nacional de Organização (CNO), Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), Centro de Tratamento de Incidentes de Segurança de Redes de Computadores do Governo federal e outros.

Todos esses setores integrados na defesa cibernética empregaram tecnologia capaz que incrementaram a capacidade de resistência às tentativas de intrusão e de negação de servi-ço, bem como na identificação da origem destas ações.

Ainda segundo o CComSEx, coube ao destacamento a tarefa de sanar os problemas de tecnologia da informação que se apresentaram, bem como a identificação e correção das vulnerabilidades identificadas no decorrer da missão. As ações consideradas hostis foram acompanhadas em tempo real por todos os vetores que compuseram a defesa cibernética.

Esse sistema de defesa permitiu o emprego, imediato, de ações que dissolveram o problema. Cada incidente de rede foi estudado por esses especialistas e posteriormente tratado de forma a aprimorar as ferramentas e os procedimentos de proteção dos ativos críticos.

Com o monitoramento e intervenção, as páginas principais da conferência mantiveram-se disponíveis, apesar do elevado número de acessos. As redes de dados do evento permaneceram protegidas e não sofreram qualquer tipo de intrusão.

Ao término da missão, o Destacamento de Defesa Cibernética computou cerca de 130 eventos de segurança que, após análise, revelaram aproximadamente 75% do total incidentes de rede, os quais, pela sua relevância, foram estudados, tratados e difundidos para os segmentos interessados. (TG)

As informações são do Correio do Estado e a reportagem é de Thiago Gomes

Link da fonte: AQUI, AQUI e AQUI

LEIA MAIS

Censura judicial preocupa jornalistas e escritores brasileiros



A censura judicial vem preocupando há algum tempo jornalistas e escritores brasileiros ameaçados de prisão ou de pagamento de pesadas multas por divulgar opiniões. A Constituição garante a livre expressão do pensamento e a liberdade de imprensa, mas há juízes que dão mais importância às leis de proteção dos direitos individuais, como o da honra. Parece ser o caso de um juiz eleitoral do Mato Grosso do Sul que mandou prender o diretor do Google no Brasil, porque ele não retirara do YouTube um vídeo com ataques a um candidato a prefeito. 

Não é caso isolado. O maior site de buscas pela Internet do mundo vem sofrendo, em três dezenas de países, ataques na Justiça pelos que se sentem prejudicados. O bombardeio maior ocorre no Brasil. O Google tenta resistir, mas pode pagar caro, pois só neste ano, a Justiça Eleitoral brasileira estipulou multas diárias de pelo menos R$ 2,8 milhões para obrigá-lo a retirar conteúdos da Internet. 

Levantamento feito por um jornal paulista revelou a existência de 193 processos em 23 estados contra o Google, com 60 decisões contrárias à empresa. Juízes alegam que existem limites para a liberdade de expressão e que anônimos vêm usando a Internet para difamar e caluniar candidatos. A multinacional tem recorrido em todos os casos, mas começa a ceder, sem discussão, aos pedidos de retirada de conteúdos.

No entanto, em alguns casos, o Google tem saído vitorioso. Nesta semana, um juiz eleitoral de Roraima negou pedido de retirada de vídeos, justificando que “o direito de criticar é livre numa sociedade democrática” e que, desse modo, “cabe aos interessados, caso entendam necessário, publicar um vídeo com sua versão”.

A censura na Internet não ocorre só em questões eleitorais ou políticas e nem apenas em países pouco democráticos. Na Itália, por exemplo, três executivos do Google foram ameaçados de prisão, ordem depois revogada, por causa de um vídeo mostrando uma criança autista sendo agredida. 

No Brasil, tramita no Congresso Nacional projeto de lei que deve criar o Marco Civil da Internet. É possível que no fim dos debates se defina que provedores não respondem pelo conteúdo de terceiros, mas podem ser responsabilizados civilmente caso não cumpram ordem judicial para retirar conteúdo considerado inadequado pela Justiça. Não se elimina, assim, a censura judicial nem o pagamento de indenizações, mas pelo menos ninguém mais será preso por um pensamento em rede social.

Fonte: Hoje em Dia

LEIA MAIS

Publicidade Google

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO