quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Pai usa Facebook para procurar filho desaparecido por que Polícia Civil do DF está em greve





Mais de 27 mil compartilhamentos do cartaz foram feitos na rede social

Arquivo Pessoal/Facebook
O cartaz já foi compartilhado mais de 27 mil vezes na rede social

Um menino de 13 anos está desaparecido desde a última segunda-feira (24). O pai da criança, Francisco Evangelista Saraiva de Matos, tentou registrar ocorrência na delegacia da região, mas devido à greve não conseguiu registrar o caso. Para divulgar o desaparecimento do filho, Francisco recorreu às redes sociais. O cartaz com a foto da criança e os telefones para contato já foram compartilhados mais de 27 mil vezes no Facebook.

Octávio Costa de Matos mora em Ceilândia, região administrativa do DF, e teria saído para comprar balas na padaria que fica ao lado de sua residência. O avô estranhou a demora do menino e foi atrás dele, mas ao chegar na padaria não encontrou Octávio. O pai da criança descarta que o filho tenha fugido de casa.

— Ele tem tudo em casa, não falta nada. Sempre está bem vestido e tem vários brinquedos. Não há motivos para fugir.

O menino sofria bullying na escola, mas, de acordo com os familiares, a direção da escola já havia amenizado a situação.

Os parentes estão fazendo divulgação do desaparecimento no Facebook e espalhando cartazes pela cidade. Na tarde desta quinta-feira (27), familiares da criança vão fazer um mutirão da cidade para procurar o menino.

*Colaborou Vanessa Miyasaka, estagiária do R7

Fonte: R7

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO