terça-feira, 4 de setembro de 2012

Policial militar é detido suspeito de fraude no Detran da Paraíba





Além dele, um irmão que o acompanhava também foi detido.
Corregedoria do Detran acredita que devem haver outros casos como esse.

Duas pessoas, entre elas um policial militar, foram detidas na tarde desta terça-feira (4) em uma operação realizada pelo Detran de João Pessoa. Os dois são suspeitos de fraudar uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

A Operação Mutante, como foi chamada a ação, flagrou um policial militar, de 41 anos, utilizando o RG e o CPF do irmão. Segundo Wallber Virgolino, corregedor do órgão, o suspeito conseguiu inserir uma fotografia e um RG militar dele na CNH do irmão.

Ainda de acordo com Virgolino, quando o irmão do PM se dirigiu ao Detran para renovar seu documento, descobriu que o irmão policial tinha usado seus dados para falsificar uma carteira. Nesse momento, uma equipe da Corregedoria foi acionada e descobriu a fraude. Os dois irmãos foram detidos e levados para a 9ª Delegacia Distrital, no bairro de Mangabeira.

O corregedor disse que o policial militar nunca participou de qualquer tipo de prova. “Ou seja, nunca possuiu CNH”, afirmou Wallber Virgolino. O militar contou que retirou a carteira em 2008 apenas com a apresentação da carteira funcional. Como estava fardado, o Detran emitiu o documento sem checar qualquer tipo de dado.

“Nós não descartamos o envolvimento de funcionários do Detran. As investigações, a partir de agora, vão ser conduzidas nesse sentido”, declarou Wallber Virgolino, que acredita ainda que esse caso não é isolado. “Com certeza devem existir muitos mais casos desse tipo”, disse.

Segundo Wallber Virgolino, quem comete esse tipo de crime responde por falsidade ideológica, o que implica detenção de um a cinco anos. “Além de multa, uma vez que a CNH é um documento público”, acrescentou.

Fonte: G1

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO