quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Sisfron prevê o emprego de tecnologia de ponta






O general Antônio dos Santos Guerra Neto informou que o Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras (Sisfron) vai empregar tecnologia de ponta, lançando mão de equipamentos sofisticados como radares de curto e longo alcances, equipamentos de visão noturna, câmeras óticas e termais, imageamento por satélites, torres de observação e transmissão de sinais, sistemas de treinamento e simulação, veículos aéreos não tripulados (vants), blindados para proteção de fronteiras, veículos de apoio, embarcações especiais e outros.

Um diferencial, segundo ele, é que muitos desses equipamentos serão adquiridos pelo Brasil com a transferência de tecnologias, o que também implicará em fortalecimento da indústria nacional e geração de emprego e renda.

ACOMPANHAMENTO

Todos os dados de monitoramento obtidos pelo Sisfron serão transmitidos em tempo real aos centros de operação do Exército instalados a partir das áreas de fronteira, passando pelos centros de monitoramento regionais, até o Centro de Monitoramento de Fronteiras em Brasília.

Essa movimentação de dados permitirá a tomada de medidas imediatas em torno da irregularidade observada. Além do emprego na área de defesa nacional, o Sisfron é encarado como instrumento de combate aos crimes de fronteira. (TG)

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO