quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Soldado atira em colega do Exército ao manusear arma em Uberlândia





Vítima foi encaminhada ao hospital e não corre risco de morrer.
Autor disse que o tiro foi acidental e responderá Inquérito Policial Militar.

Um soldado de 19 anos, do 36º Batalhão de Infantaria Motorizado do Exército em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, foi vítima de um disparo no abdome na noite de segunda-feira (24). O autor foi um soldado do mesmo batalhão, de 18 anos, que manuseava um revólver calibre 38, quando ocorreu o disparo. A vítima foi encaminhada ao Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU), onde permanece internada.
Segundo a assessoria de comunicação do 36º Batalhão, os dois foram incorporados ao Exército em março deste ano e prestam Serviço Militar Inicial, que tem duração de um ano. Os militares estavam na casa do autor, no Bairro Tibery.

O tiro acertou o abdome do soldado, que foi socorrido ao HC-UFU, onde passou por cirurgia. Segundo a assessoria do hospital, o estado de saúde dele é estável e não corre risco de morrer. O autor foi encaminhado à delegacia pela Polícia Militar (PM) para prestar depoimento, onde disse que o disparo foi acidental.

Ele vai responder na justiça comum por posse ilegal de arma e o revólver calibre 38 foi apreendido. Segundo a assessoria de imprensa do Exército, os dois soldados podem usar armas de fogo apenas dentro do quartel e durante serviço. Os militares vão responder um Inquérito Policial Militar (IPM).


Felipe Santos

Fonte: G1 Triângulo Mineiro

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO