sábado, 22 de setembro de 2012

TSE envia tropa federal sem aval de governadores






O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) rompeu com uma regra já tradicional e autorizou o envio de tropas federais, durante as eleições, para cidades de Alagoas e Amapá - Estados nos quais os governadores sustentam que as forças estaduais são suficientes para garantir a segurança. Na prática, a decisão da Justiça Eleitoral "atropela" a vontade dos governadores.
Por 5 votos a 2, o TSE atendeu a pedidos dos TREs de reforçar a segurança, desconsiderando a opinião dos governadores. Os votos contrários foram da presidente da Corte, Cármen Lúcia, e do vice, Marco Aurélio Mello. Em eleições anteriores, o TSE tinha como regra rejeitar os pedidos quando os governos afirmavam não necessitar dessas tropas.
O TRE de Alagoas informou que havia risco para a segurança das eleições em Boca da Mata, porque a cidade fica na fronteira com a Guiana Francesa e tem garimpos clandestinos. E o tribunal do Amapá pediu reforço para Oiapoque e Pedra Branca do Amapari, onder já houve conflitos em eleições anteriores.

Por MARIÂNGELA GALLUCCI / BRASÍLIA - O Estado de S.Paulo

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO