segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Aeronave é interceptada por equipe da Força Aérea em Campo Grande




Um avião Cessna 210 foi interceptado pela Força Aérea Brasileira (FAB) na manhã de domingo (21), enquanto sobrevoava a região noroeste de Campo Grande, em direção a Corumbá. O monomotor foi detectado por um radar de solo da FAB, na região de Jaraguari, a 50 km da capital, por volta das 8h (horário de MS).
O brigadeiro-do-ar Maximo Ballatore Holand, comandante da Força Aérea Componente (unidade formada por integrantes do Exército, Marinha e Aeronáutica), disse ao G1 que a interceptação foi necessária ao se constatar que o monomotor não tinha plano de voo, sendo caracterizada como tráfego aéreo desconhecido.
Depois que a aeronave foi detectada, um caça da Força Aérea foi enviado para tentar contato com o monomotor. Holand disse que o piloto da FAB fez contato com o monomotor via rádio, mas o piloto não respondeu.
Em seguida, foi feito um contato visual, em que o interceptador voou até o lado esquerdo da aeronave e balançou as asas na tentativa de ser visto, mas novamente não houve resposta.
O piloto do Cessna 210 deu meia volta e pousou no aeroporto Santa Maria, em Campo Grande.
Equipes da Polícia Federal e da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) foram acionadas e o piloto foi detido logo após o pouso. De acordo com Maximo Holand, foi constatado que o homem não tinha habilitação para pilotar um monomotor.
O piloto estava acompanhado por um passageiro, que não foi detido. Até a interceptação, a aeronave havia percorrido cerca de 100 km. Segundo a assessoria da Polícia Federal, o homem foi levado para interrogatório, assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e liberado. O termo é usado para casos de menor potencial ofensivo.
De acordo com informações com Holand, a irregularidade configura descumprimento ao código penal. “O piloto colocou em risco a vida de pessoas ao sobrevoar a cidade sem habilitação, poderia ter acontecido um acidente", disse.
Veja o artigo original no G1

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO