segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Alckmin diz que Estado vai indenizar famílias de PMs mortos em ataques




O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), anunciou nesta segunda-feira (22), em visita a Itirapina (SP), que o Estado vai indenizar as famílias dos policiais militares mortos em ataques.
Ao todo, 84 policiais militares foram assassinados desde o começo do ano em todo o Estado. Como a maioria estava fora de serviço, as famílias estavam entrando na Justiça para conseguir o pagamento do seguro de vida, que é de R$ 100 mil. “Eu já determinei ao secretário de segurança Pública e ao procurador geral do Estado para estender o pagamento do seguro aos casos que o policial tenha sido morto, não em serviço, mas em decorrência da sua atividade policial”, disse.
Em visita a Ribeirão Preto no sábado (20), o governador afirmou que a polícia não dará trégua aos criminosos envolvidos nos atentados. “O crime organizado não vai intimidar o Estado. A ordem é a polícia ir para a rua, prender os criminosos”, afirmou.
Ataques na região
Na região, mortes de PMs foram registradas em São Carlos e Araraquara. Na manhã do dia 14 de setembro, um policial militar de 43 anos foi assassinado com seis tiros dentro do seu carro em São Carlos (SP) enquanto estava de folga.
No dia seguinte, um sargento de 36 anos da Polícia Militar foi morto com 17 tiros em Araraquara, enquanto fazia a segurança particular de um mercado.
Em Ribeirão Preto, onde três policiais militares foram baleados desde setembro, a PM restringiu o acesso às suas bases após uma de suas unidades, na Zona Norte, ser alvo de tiros na noite de sexta-feira (19).
Veja o artigo original no G1

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO