sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Brasil vai investir R$ 400 milhões na prevenção contra crimes cibernéticos






Na última quarta-feira (24), o Ministério da Defesa promoveu em Brasília o 3º Seminário de Defesa Cibernética. Com a aproximação dos grandes eventos internacionais no país, os principais assuntos abordados foram os investimentos em tecnologia, pesquisa, inovação e a capacitação de profissionais para atuação contra crimes cibernéticos.

Segundo a Agência Brasil, o ministro da Defesa, Celso Amorim, disse que o Governo deve investir R$ 400 milhões na prevenção contra esse tipo de ataque dentro dos próximos quatro anos.

"O Brasil é a sexta economia do mundo, não pode se privar de meios de defesa modernos, inclusive com relação a possíveis ataques também modernos. Temos que desenvolver essa estratégia de defesa. Já fizemos, na prática, na Rio + 20 e faremos em outros eventos. Vamos evoluir", disse o ministro.

Dentre os recursos que serão destinados ao Centro de Defesa Cibernética (CDC), inaugurado em setembro deste ano, 27,9% vão para a capacitação dos profissionais e 41,33% para o planejamento de segurança. Apenas em 2012, o investimento deve ser de R$ 83,6 milhões.

"Dentro dos nossos projetos, estamos preocupados com a capacitação de tropas. Cada vez mais tropas e operações são controlados por redes. E tudo o que depende de redes tem essa ameaça, temos que nos preocupar em defender esse sistema bélico", disse o general José Carlos, chefe do CDC.


0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO