segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Corpo de estudante de 16 anos morto dentro de carro na zona norte continua no IML





Policiais teriam disparado contra o veículo após confundir estouro de pneu com tiro

Divulgação
Rafael Costa era lutador de artes marciais e se preparava para começar o curso de bombeiro civil

O corpo de Rafael Costa, de 16 anos, continuava no IML (Instituto Médico Legal) no centro do Rio de Janeiro, na manhã desta segunda-feira (29). O adolescente foi morto a tiros dentro de um carro na estrada Porto Velho, em Cordovil, zona norte da cidade, na noite de domingo (28). Policiais militares são suspeitos de atirar no jovem. A DH (Divisão de Homicídios) investiga o caso.

Segundo familiares, Rafael Costa estava com os dois irmãos, de 17 e 19 anos, dentro do veículo, quando PMs suspeitaram do trio e pediram para eles pararem o carro. 

Ainda segundo a versão dos parentes, no momento da abordagem, um pneu do carro estourou. Os policiais teriam confundido o barulho com tiro e disparam contra os jovens.

De acordo com as primeiras informações, oito policiais militares participaram da abordagem. Na DH, dois teriam confessado que atiram no carro dos jovens.

O irmão mais velho da vítima contou que eles tinham saído para se divertir no carro da mãe. Ele e o outro irmão foram até a delegacia prestar depoimento.

A família disse ainda que o estudante não tinha passagem pela polícia. Costa era lutador de artes marciais e se preparava para começar o curso de bombeiro civil. O advogado da família pretende processar o Estado.

A Polícia Militar ainda não se manifestou sobre o caso. O R7tentou contato com a Polícia Civil nesta manhã e aguarda retorno.

Do R7, com Rede Record

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO