quarta-feira, 10 de outubro de 2012

DESMASCARANDO A SEGURANÇA PÚPLICA DE ALCKIMIN





Polícia Militar de SP reforça o efetivo com 5 mil homens:

A verdade é que a PMESP aplica a muitos anos um engodo para dar uma “respostas” a imprensa e a população.

Estas operações são medidas que não combatem em nada a criminalidade, principalmente agora que a violência vem de facção do crime organizado (PCC).

Como funciona: 

A PMESP escala policiais, principalmente os que estão trabalhando administrativamente para fazerem bloqueios nas ruas, assim as pessoas desavisadas que entram no bloqueio com a viseira do capacete aberta, por exemplo, são autuadas por infração de trânsito, o mesmo ocorre com o cidadão de bem que esta com o licenciamento do veículo vencido tem seu carro recolhido, em poucos minutos os policiais envolvidos no bloqueio estão todos ocupados preenchendo as respectivas documentações. A fiscalização de transito deve sim ser feita, mas em momento oportuno, não agora enquanto policiais estão sendo assassinados cruelmente nas ruas.

Com estes bloqueios os condenados que estão foragidos são recapturados (em sua maioria condenados por pequenos delitos), algumas porções de entorpecente apreendidas (normalmente maconha), algumas poucas armas apreendidas (normalmente revolveres de baixo calibre), pessoas submetidas a busca pessoal (normalmente pessoas de bem), veículos apreendidos por falta de licenciamento (em sua maioria de propriedade de trabalhadores) e depois de tudo isto a PMESP divulga o “RESULTADO DA OPOERAÇÃO” para a mídia e como ela, a operação, se deu em todo o estado com grande sacrifício das poucas horas de folga dos policiais militares os números genéricos parecem ser muito e na verdade não são e não significam nada de concreto para o efetivo combate à situação de violência e muito menos ainda para o efetivo combate ao crime organizado da facção criminosa denominada Primeiro Comando da Capital (PCC), assim o povo é iludido e a mídia tem uma resposta preservando a imagem do Governado, Secretário de Segurança e Comandante Geral da Polícia Militar do Estado de São Paulo e os policiais militares continuarão sendo vitimados pelos criminosos organizados, mortos um a um!

Caros policiais militares sugiro que vocês imprimam este meu comentário e o entreguem as pessoas durante as escalas extras que serão submetidos. Lembren-se o Governador quer “segurar a barra” até o segundo turno das eleições na cidade de São Paulo, afinal de contas Geraldo Alckmin quer a todo custo José Serra na Prefeitura de São Paulo. 

E tenho dito!

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO