segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Doação ajuda quem precisa repor componentes do sangue em SE




Através da coleta de sangue, o Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose) atende portadores de hemofilia, doença falciforme, talassemia, doença de Gauche, leucemia, além de pacientes oncológicos e com anemias. Diariamente, o serviço ambulatorial do Hemocentro realiza transfusões sanguíneas em pacientes que precisam repor algum desses componentes do sangue - hemácias, plaqueta e plasma.


De acordo com dados do Ambulatório, somente nos primeiros seis meses deste ano, foram realizados 2.464 atendimentos transfusionais. Na manhã desta quinta-feira (04), quatro pacientes com alguma dessas patologias, oriundos dos municípios de Capela, Lagarto, Aracaju e Nossa Senhora do Socorro, receberam transfusão sanguínea.


"Nossa preocupação é que a redução do número de doações de sangue prejudique o atendimento desses usuários que precisam regularmente de transfusões para continuar sobrevivendo", advertiu a gerente da Coleta do Hemose, enfermeira Florita Aquino, ao explicar que a necessidade do tipo de transfusão e a quantidade são orientadas pelo médico. "As transfusões são para repor algum componente do sangue que o organismo está com deficiência em produzir", ressaltou.


O alerta da enfermeira deve-se à baixa verificada no número de bolsas de sangue coletadas no Hemocentro de Sergipe. As reduções ocorridas, principalmente nos meses de julho, agosto e setembro, permanecem em outubro.


"O serviço está atento para essa situação e por isso tem buscado ampliar as coletas externas, além do serviço de captação de doadores, através de parcerias com empresas e instituições para realização de campanhas de doação", detalhou Florita.


Dados


Em julho, o serviço registrou 1.960 doações; agosto 2.167 e setembro 1.834. A média das doações diárias ficou entre 70 a 80 doações. Conforme avaliação do setor, para atender com segurança à rede hospitalar seria necessária a coleta de 100 a 120 bolsas de sangue por dia.


Veja o artigo original no G1

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO