quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Força Nacional diminuiu sequestros-relâmpago no DF, diz secretário





Em setembro, houve queda de 45%; no ano, aumento foi de 22%.
Em um mês, homens da Força Nacional prenderam 28 motoristas.

O secretário de Segurança do Distrito Federal, Sandro Avelar, afirmou nesta quinta-feira (11) que a presença dos homens da Força Nacional no DF diminuiu a ocorrência de sequestros-relâmpago.

A declaração foi feita um dia após a divulgação do dado que indica que o número de ocorrências desse tipo de crime cresceu 22% nos nove primeiros meses do ano em relação ao mesmo período do ano passado. Na comparação entre setembro de 2012 e o mesmo mês de 2011, houve redução de 45,8% na ocorrência de sequestros-relâmpagos, informou a Secretaria de Segurança.

Entre janeiro e setembro deste ano foram registrados 554 casos, 100 a mais do que o mesmo período em 2011. Em setembro de 2011, foram registrados 59 casos de sequestro-relâmpago, contra 32 este ano.


"Os números mostram que a Força Nacional contribuiu para redução destes casos. A tendência é que com essa ajuda, o número fique ainda menor", disse Sandro Avelar.

A Força Nacional começou a atuar em 11 de setembro. Até o dia 7 de outubro, os oficiais abordaram 3.337 transportes nas saídas do DF. Destes, 28 motoristas foram detidos, com 17 veículos recolhidos. Também foi registrada a apreensão de 36 munições e 40 autuações de trânsito.

O secretário disse ainda que com a prisão de quadrilhas especializadas em sequestro-relâmpago, cresceu o número de menores de idade que praticam o crime. "O número aumenta por conta da facilidade que jovens infratores voltam às ruas."

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO