segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Grande SP e litoral têm noite violenta com 11 mortos





Onze pessoas morreram e oito ficaram feridas, entre a noite de domingo e a madrugada desta segunda-feira, após a ação de homens armados nas zonas norte, sul e leste da capital paulista, em Cotia, Guarulhos e Diadema, na Grande São Paulo, e na cidade de Praia Grande, na Baixada Santista. Segundo o que foi apurado pela polícia até o momento, a maioria dos crimes aparentemente foi motivada por acerto de contas.

Uma pessoa foi assassinada e outras quatro sobreviveram, por volta das 22h45, após serem baleadas por desconhecidos que ocupavam uma caminhonete na zona sul de São Paulo. As vítimas participavam de um pagode no interior de um lavar-rápido na avenida Doutor Luís Arrobas Martins, na Vila Friburgo, região do Socorro, zona sul da capital.

Dos cinco baleados, três foram levados por equipes da Polícia Militar para o pronto-socorro do Grajaú, onde Leonardo Oliveira, 30 anos, microempresário, morreu. No mesmo hospital estão internados em estado grave Caio Fríscio, 21, baleado na região das costelas, e Vágner Gonçalves de Lima, 23, atingido na nuca. Outras duas vítimas, identificadas como Roberto Paulo do Nascimento da Silva Júnior e Artur Oliveira Filho, foram socorridas por testemunhas e encaminhadas para a Santa Casa de Santo Amaro.

A polícia suspeita que os autores dos disparos teriam se envolvido em uma briga momentos antes no mesmo local e que, após a discussão, deixaram o estabelecimento, porém retornaram armados para se vingar. O caso foi registrado no 11º Distrito Policial, de Santo Amaro.

Por volta das 21h50 deste domingo, na Rua Edson Mendo Leitão, no Jardim Tietê, zona leste da cidade, Gilberto Amâncio de Azevedo, 49 anos, e Leandro Novaes de Oliveira foram baleados por dois homens que ocupavam uma moto. Gilberto morreu quando era atendido no pronto-socorro de São Mateus, já Leandro estava internado no Hospital Santa Marcelina, de Itaquera. O caso foi registrado pela delegada Jesleny Batista Alves.

Também na noite deste domingo, dois criminosos invadiram o estacionamento de um mercado, localizado atrás do Terminal Rodoviário de Caucaia do Alto, em Cotia, Grande São Paulo, e mataram um segurança que trabalhava no local. Um guarda civil e o gerente do estabelecimento também foram baleados. Os atiradores, ambos encapuzados, saíram de um carro que parou em frente ao mercado, entraram no estacionamento e, ao abordarem as vítimas, não anunciaram assalto. Um deles apenas gritou com o segurança, dizendo: "Perdeu, perdeu, demorou!". Foram feitos disparos de pistola calibre 45 e revólver calibre 38.

Além do segurança Rodrigo Silva Rocha, 22 anos, que era irmão de um policial civil e morreu na Unidade Básica de Saúde de Caucaia do Alto, ficaram feridos o guarda civil Joel dos Santos Pereira, atingido em um dos joelhos, e o gerente Agnaldo Donizete Pereira Rodrigues, ferido em uma das pernas. Os dois foram medicados no Hospital Regional de Cotia e estão fora de perigo. Policiais militares foram acionados, mas não conseguiram localizar nenhum suspeito. A ocorrência foi registrada no plantão do 1º Distrito Policial de Cotia, em Caucaia do Alto.

No fim da noite de domingo, dois homens ainda foram mortos a tiros em frente a um bar, na avenida Marginal, próximo à esquina com a avenida Ilda Rosa da Cunha, local conhecido como "Curva do S", no Jardim Esmeralda, em Praia Grande, na Baixada Santista. Segundo a Polícia Militar, uma das vítimas morreu no local. A outra ainda foi encaminhada ao Hospital Irmã Dulce, informou a Polícia Civil. Até as 3h45 desta segunda-feira, nenhuma testemunha havia fornecido à polícia informações significativas. A identificação das vítimas ainda não foi divulgada. O caso era registrado no Distrito Sede de Praia Grande, na Vila Tupi.

Outros homicídios 
A adolescente Daiane dos Santos Silva, 14 anos, foi encontrada morta, com um tiro na testa, por volta das 20h deste domingo, no interior de uma das casas de uma favela localizada na avenida Tenente Amaro Felicíssimo, no Parque Novo Mundo, zona norte da capital. O caso foi registrado no 9º Distrito Policial, do Carandiru, pelo delegado Francisco Rodrigues Filho.

A polícia tentará esclarecer outro homicídio, desta vez na região do Capão Redondo, zona sul de São Paulo. Silvio Romero Pereira da Silva, 23 anos, foi encontrado baleado às 21h de ontem na avenida Fim de Semana. Mesmo encaminhada ao pronto-socorro do Campo Limpo, a vítima não resistiu aos ferimentos e morreu. O caso foi registrado no 47º Distrito Policial, do Capão Redondo.

Uma hora mais tarde, por volta das 22h, um rapaz identificado como Roberto do Nascimento, 21 anos, foi baleado por desconhecidos na rua Roberto Badolato, na Vila Nogueira, em Diadema, no Grande ABC. Mesmo encontrado vivo e levado pela Polícia Militar para o Hospital Municipal Central da cidade, Nascimento acabou morrendo. O caso foi registrado no 1º Distrito Policial de Diadema pelo delegado Eduardo Wagner Rodrigues.

Em Guarulhos, por volta das 2h desta segunda-feira, policiais militares foram acionados para a rua São Gonçalo do Sapucaí, próximo a uma tecelagem, no Jardim Marilena. No local, os policiais encontraram três homens mortos. Um quarto, o único sobrevivente, foi levado para a unidade de pronto atendimento do bairro Paraíso. A polícia ainda tem poucas informações sobre o crime, que foi registrado no 7º Distrito Policial de Guarulhos.

Em São Bernardo do Campo, um PM matou um criminoso após uma tentativa de roubo. Segundo o cabo Sérgio Antonio Bezerra, o indivíduo tentou assalta-lo na rua Chile, no bairro do Taboão e, durante a abordagem, o criminoso acabou sendo alvejado.O caso foi registrado no 2º Distrito Policial da cidade.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO