sábado, 27 de outubro de 2012

Justiça piauiense, a pior do país





O corregedor Nacional de Justiça, Francisco Falcão, não esconde que tem muito trabalho pela frente para coibir práticas ilícitas usuais no Poder Judiciário piauiense.

Um relatório elaborado pela própria Corregedoria do TJ daquele estado indicou falhas gravíssimas. 

“O relatório aponta a contratação de serviço de telefonia sem licitação, o que é gravíssimo, e também a constituição de uma cooperativa com depósito de dinheiro público em uma factoring de uma associação de magistrados", explica Falcão.

Ele não esconde sua preocupação com o que classifica de pior situação do país: “A situação do Piauí é mais grave que a do Brasil como um todo. Existem algumas coisas que precisamos consertar, alguns desvios de conduta”, desabafou, prometendo arregaçar as mangas e meter mãos à obra.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO