quinta-feira, 18 de outubro de 2012

MT: PM é suspeito de matar a ex-esposa e se suicidar em seguida em Cuiabá




Um cabo da Polícia Militar, de 46 anos, é suspeito de matar com dois tiros a ex-esposa na tarde desta quarta-feira no Conjunto Residencial Pomeri, em Cuiabá. De acordo com informações da Polícia Civil, Benedito Xavier de Arruda disparou dois tiros contra a ex-esposa Luciana Ferreira Fernandes, de 36 anos, e, em seguida, se matou com um tiro no ouvido.
O filho do policial, Gilson Xavier de Arruda, de 22 anos, disse à polícia que o crime ocorreu por volta das 13h dentro do quarto do casal. Segundo Gilson, o pai e a madrasta estavam em processo de separação após um relacionamento de 18 anos. Nesta quarta-feira, Luciana foi até a residência dele para conversar com Benedito.“Ela veio visitar meu pai. Aí eles se trancaram no quarto e depois nós ouvimos os tiros”, relatou Gilson Xavier para o G1.
Ele disse que estava fazendo o almoço para os irmãos, que estavam na sala da casa, quando ouviu os dois primeiros tiros. Cerca de cinco segundos depois, ainda de acordo com Gilson, foi ouvido o terceiro disparo. Ele afirma que o casal foi encontrado caído no chão do quarto, próximo um ao outro.Luciana não morava mais na casa do PM e, segundo Gilson, ia visitar os filhos de vez em quando. No entanto, desta vez, o ex-marido a chamou para o quarto para conversar. Os dois foram mortos com disparos de um revólver calibre 38. Luciana trabalhava em uma creche na capital.Segundo a vizinha e amiga da família Vívian Franco, que foi a primeira a encontrar Luana, filha da vítima, os filhos do casal estavam desorientados e muitos abalados com a tragédia. “Luana saiu correndo e ficou agachada na frente do portão da casa gritando que o pai dela tinha matado a mãe”, afirmou a vizinha que socorreu a garota.
O crime está sendo investigado pelo delegado João Bosco, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O delegado contou para o G1 que o casal estava separado e, segundo ele, o cabo Benedito havia ligado nesta quarta-feira para Luciana, que foi até o local para uma conversa com o ex-marido. Naquele momento, os filhos estavam na sala assistindo televisão e ouviram o barulho dos tiros. “Não houve discussão. Ele atirou nela e se matou. Agora a polícia está fazendo o levantamento”, declarou João Bosco. Os corpos das vítimas foram levados para o Instituto Médico Legal de Cuiabá.

(G1 - MT).

Veja o artigo original em PolicialBR

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO