quinta-feira, 25 de outubro de 2012

PM acha nome de coronel com o PCC




 SÃO PAULO - Quatro homens suspeitos de pertencer ao Primeiro Comando da Capital (PCC) foram presos, na madrugada desta terça-feira, 23, no bairro Rochdale, em Osasco, na Grande São Paulo, próximo à sede do Comando de Policiamento de Área Metropolitano VIII (CPAM-8), onde fica o centro de operações da Polícia Militar.Em um bilhete apreendido com eles estava escrito Henrique Dias, nome do tenente-coronel que comanda o 42.º Batalhão em Osasco.Segundo o delegado seccional da cidade, Mauro Guimarães Soares, a polícia vai investigar se eles planejavam praticar um atentado contra o oficial. "Vamos apurar, porque existe também uma rua com o mesmo nome na cidade", afirmou.O seccional disse que o clima está tenso na cidade desde a madrugada de segunda-feira, quando três pessoas foram mortas e cinco ficaram feridas em uma chacina praticada por pessoas encapuzadas. A polícia suspeita de que os homicidas estavam atrás de José Roberto de Carvalho, conhecido como Guru. Ele estava em liberdade desde 2006, após ter passado dez anos preso, condenado por crimes como homicídio, tráfico de drogas, roubo e formação de quadrilha.Na madrugada desta terça, a nova ocorrência em Osasco começou quando PMs receberam a informação de que integrantes do PCC circulavam pelas redondezas em um EcoSport. Havia suspeita de que o grupo se preparava para atacar bases da corporação. PMs avistaram um EcoSport estacionado atrás do quartel da PM. Enquanto inspecionavam o veículo, outros dois carros, um Citroën e um Captiva, apareceram. Ao verem os policiais, deram ré e tentaram fugir.A PM conseguiu abordar os quatro que estavam no Citröen na Rua Analândia. Foram encontradas quatro armas, além de munições de diversos calibres e R$ 6 mil em dinheiro. Outros integrantes do bando conseguiram fugir no Captiva.Flagrante. Um PM - que não é o tenente-coronel - mora perto de onde o grupo foi preso. Todos os suspeitos foram levados para o plantão do 10.º Distrito Policial de Osasco (Jardim Baronesa) e autuados em flagrante por porte ilegal de armas e formação de quadrilha. Segundo a polícia, eles saíram da cadeia há um ano e têm passagens por roubo, sequestro e homicídio. ( ESTADÃO)

Veja o artigo original no Blog PolicialBR

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO