sábado, 20 de outubro de 2012

PM inaugura projeto ‘Rede de Vizinhos Protegidos’ em Uberlândia





Iniciativa visa garantir a segurança aos moradores do Jardim Botânico.
É importante que todos os componentes da família sejam envolvidos.

A Polícia Militar de Uberlândia, no Triângulo Mineiro, em parceria com os moradores do Bairro Jardim Botânico, lançou neste sábado (20) o projeto “Rede de Vizinhos Protegidos” com o intuito de garantir a segurança dos moradores da região.

Semelhante ao “Vizinhança Solidária”, a iniciativa trata-se de um projeto de integração da polícia e a comunidade para um planejamento mais eficiente, através de discussões sobre a segurança pública no bairro, com análise e proposta de soluções para os problemas locais. 

Para que o projeto seja eficaz é necessário que cada vizinho conheça os hábitos e mantenha contatos com quem mora ao lado, sabendo a hora que a pessoa sai e volta para casa. Também é importante que todos os componentes da família e até empregados sejam envolvidos no projeto.

Segundo informações da polícia, os moradores funcionam como câmeras vivas, pois de maneira sistemática e bem orientada, observam a rua e as demais residências e, ao menor sinal de perigo todos os moradores são acionados e simultaneamente a PM também.

“Como a Polícia Militar não consegue estar em todos os lugares ao mesmo tempo, nós estamos convidando a comunidade a participar conosco na vigilância. Nesta rede nós convidamos os moradores a uma reunião e apresentamos o projeto para que juntos possamos minimizar a criminalidade”, comentou o tenente Luciano Pinheiro.

O recurso utilizado para dificultar a ação do criminoso é quando, ao detectar um individuo suspeito invadindo ou em flagrante de crime, um dos moradores aciona a PM através do telefone 190 e os demais moradores podem, através do apito, incomodar o suspeito que saberá que sua presença foi detectada. Em seguida o mesmo sofrerá intervenção da PM.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO