sábado, 27 de outubro de 2012

Polícia tem suspeitos de atirarem em agente prisional em São José, SC




A polícia já tem suspeitos do assassinato da agente prisional Deise Fernando de Melo Pereira, que foi morta nesta sexta-feira (26), em São José, na Grande Florianópolis. A mulher, de 30 anos, foi baleada com um tiro próximo ao coração quando chegava em casa, na rua João Fernando da Silva, no bairro Roçado.
Deise chegou a ser levada ao Hospital Celso Ramos, mas não resistiu aos ferimentos. O corpo da agente prisional foi encaminhado no início da manhã deste sábado (27) para o cemitério de Barreiros, em São José, onde será velado.
Segundo a polícia, Deise era esposa de Carlos Antônio Gonçalves Alves, diretor da Penitenciária de São Pedro de Alcântara, na Grande Florianópolis. Quando ela estava chegando em casa, próximo das 22h, um carro parou em frente à residência e alguém atirou. De acordo com a polícia, a pistola encontrada ao lado do corpo pode significar que ela reagiu.
Veja o artigo original no G1

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO