sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Policial militar morre após ser baleado em avenida da Zona Leste de SP





Vítima foi alvejada por dois homens em uma moto em Itaquera.
Desde janeiro, 86 policiais militares foram assassinados no estado.


Um policial militar morreu após ser baleado em uma avenida da Zona Leste de São Paulo na noite desta quinta-feira (25), de acordo com informações da Polícia Militar. A vítima estava em uma motocicleta na Avenida Flamingo, em Itaquera, por volta das 20h, quando foi alvejado por dois homens que estavam em outra moto. Em seguida, a dupla fugiu.

O policial militar foi socorrido e levado para o Hospital Tide Setubal, em São Miguel Paulista, também na Zona Leste da capital, onde faleceu. A ocorrência deverá ser registrada no 67ª delegacia de polícia, no Jardim Robru.

Com mais esta morte, sobe para 86 o número de policiais militares mortos no estado desde janeiro deste ano. Nesta quinta-feira, o governador Geraldo Alckmin comentou a onda de homicídios de PMs. “Você tem casos de briga de quadrilhas, você tem acertos de contas, briga por ponto de droga. O governo investiga. Tolerância zero, não há nenhuma hipótese de tolerância com desvio de conduta”, disse.

A capital paulista é o palco principal da guerra que vem sendo travada entre policiais militares e criminosos no estado. Mais da metade dos mortos envolvendo policiais militares em serviço e suspeitos ocorreu na cidade de São Paulo em 2012, de acordo com as estatísticas da criminalidade divulgadas pela Secretaria da Segurança Pública (SSP) nesta quinta-feira.

Em nove meses, os confrontos resultaram em 382 vítimas, sendo 13 delas policiais militares, em todo o estado. Na capital, 240 pessoas, sendo oito PMs, morreram nestes confrontos.

E, a cada trimestre de 2012, o número de mortos, tanto de suspeitos quanto de policiais, nos embates aumentou progressivamente. No primeiro trimestre, foram mortos 64 suspeitos na capital e 112 em todo o estado; um PM morreu na capital e dois, no estado. No segundo trimestre, as vítimas subiram para 76 na capital e 117 no estado; contra três PMs mortos na capital e seis no estado. E, por fim, no terceiro trimestre, 92 mortos na cidade de São Paulo e 140 no estado; e quatro policiais mortos na capital e cinco em todo o estado.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO