sábado, 20 de outubro de 2012

RJ: indiciados 14 por chacina de 6 jovens em Mesquita





A Polícia Civil indiciou 14 pessoas pela morte de seis jovens em Mesquita, na Baixada Fluminense, Rio de Janeiro. A chacina na comunidade da Chatuba aconteceu em 8 de setembro. Todos os indiciados tiveram a prisão preventiva decretada. A assessoria de imprensa da polícia não soube confirmar quantos já estão presos, nem se foram também indiciados por tráfico de drogas.

Os indiciados estão envolvidos com a quadrilha que controla o tráfico de drogas na comunidade. Remilton Moura da Silva Júnior, o "Juninho Cagão", é apontado como o chefe local.

Onda de crimes na Chatuba
Desaparecidos após saírem para ir a uma cachoeira de Gericinó, em Mesquita (RJ), seis jovens foram encontrados mortos na manhã do dia 10 de setembro. Os adolescentes, moradores de Nilópolis, na Baixada Fluminense, foram identificados como Christian Vieira, 19 anos; Glauber Siqueira, Victor Hugo Costa e Douglas Ribeiro, 17 anos; e Josias Serles e Patrick Machado, 16 anos.

De acordo com laudo do Instituto Médico Legal (IML), os seis foram barbaramente torturados. Os documentos mostram que pelo menos dois deles tiveram os braços fraturados e quatro foram baleados na cabeça. As vítimas ainda tinham cortes profundos nos pescoços.

Além dos seis jovens, o grupo teria assassinado também o pastor Alexandre Lima, 37 anos, o cadete da Polícia Militar Jorge Augusto de Souza Alves Junior, 34 anos, e José Aldeci da Silva Junior, que teria presenciado a morte do pastor. A onda de violência levou as autoridades a ocupar permanentemente a comunidade da Chatuba

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO