terça-feira, 9 de outubro de 2012

RN: coronel da PM é baleado por policial com transtornos mentais





O comandante do Policiamento da Região Metropolitana de Natal (RN), coronel Wellington Alves, foi baleado na madrugada desta terça-feira no condomínio onde mora, no município de Parnamirim - na região metropolitana da capital potiguar. De acordo com a Polícia Militar, o acusado pela tentativa de homicídio é o subtenente da corporação Marcos Tavares. Desde fevereiro, ele se encontra à disposição da junta médica da PM devido a problemas mentais, inclusive com seu porte de armas suspenso.

Alves foi baleado por volta de 1h30 de hoje, em um condomínio do bairro Nova Parnamirim, onde mora e é síndico. Conforme a PM, o acusado, que também é morador do local, teria chamado o coronel ao seu apartamento e atirado contra ele. Alves foi atingido por um tiro no abdome.

O coronel foi socorrido e encaminhado ao pronto-socorro. Segundo a polícia, ele passou por uma cirurgia e não corre risco de morte. A previsão é de que Alves seja transferido, ainda hoje, para o hospital São Lucas, em Natal.

Tavares foi preso no condomínio e não apresentou resistência. Ele foi conduzido à delegacia de plantão para os procedimentos de praxe e, em seguida, encaminhado para o Quartel do Comando Geral da PM. No apartamento do suspeito foi encontrada a arma usada no crime, além de uma espingarda calibre 12 e outras duas pistolas.

Foi instaurado um inquérito policial para apurar todas as circunstâncias da tentativa de homicídio. A PM ainda desconhece os motivos que levaram Tavares a cometer o crime. Há suspeitas de que ele tenha se incomodado com alguma atitude de Alves como síndico do condomínio.

Além do inquérito na corporação, o caso será levado à Justiça comum. Hoje, o subtenente Marcos Tavares passou por exames médicos para apurar a sua condição psicológica.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO