terça-feira, 30 de outubro de 2012

São José, Palhoça e Capital têm 15 mil casos de violência contra mulher




15 mil: este é o número de boletins de ocorrência registrados pelo crime de violência contra mulher nas delegacias especializadas de Florianópolis, São José e Palhoça, durante o ano de 2012. A quantidade alarmante representa uma triste realidade presente em vários países do mundo. Segundo especialistas, em Santa Catarina e mais especificamente na região da Grande Florianópolis, a quantidade de denúncias tem aumentado durante os últimos anos. Este é um sinal de que as vítimas desse crime estão criando coragem para denunciar os agressores.
Porém, os ataques devem ser ainda mais frequentes, uma vez que grande parte das vítimas se cala diante da violência. Para a delegada de Palhoça, Gisele de Faria Jerônimo, muitas mulheres ainda sentem vergonha de denunciar. “Elas ficam constrangidas na hora de entregar o parceiro. Então, muitas preferem ficar caladas”, diz. Uma mulher, que preferiu não se identificar, cansou de ser agredida pelo marido, e decidiu entrega-lo à polícia. “Vai acumulando. Uma hora a gente tem que dizer deu. Caso contrário isso só vai parar depois que eu estiver morta”. Relata.
Entre as três cidades pesquisadas, São José é o município com a maior quantidade de boletins de ocorrências registrados por crimes de violência contra mulher. Para o delegado Fabiano Rocha, que acompanha esses casos na região, além de denunciar, é necessário que as vítimas levem o procedimento a diante. ”Grande parte acaba desistindo após a primeira denúncia. Quando são chamadas novamente à delegacia, simplesmente não aparecem”, afirma.
Para a delegada especialista nesses casos, Ana Paula Trevisan, as vítimas ainda se sentem desprotegidas quando pensam em entregar os criminosos. “Elas temem o futuro. Pensam no que irá acontecer após a denúncia. A meu ver a lei Maria da Penha é muito bem escrita, mas acaba não tendo toda essa eficiência por conta da falta de políticas públicas”, afirma.
Fonte: http://g1.globo.com

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO