terça-feira, 20 de novembro de 2012

Bloqueador de celular para frear violência em São Paulo





Rio - Apesar da distância política entre os governos de São Paulo e Brasília, a onda de violência no Estado está provocando a aproximação entre eles. Após nova onda de violência na madrugada de ontem, que deixou 13 mortos na Grande São Paulo, o Ministério da Justiça anunciou que enviará um superbloqueador de celular para ser utilizado em presídios paulistas.

O bloqueador, chamado de GI-2, foi utilizado recentemente em uma penitenciária de Salvador, e localizou nada menos do que 1,5 mil celulares com os bandidos. A estratégia visa desarticular a ação da organização criminosa responsável pelos ataques.

O clima de tensão continua nas regiões periféricas da Grande São Paulo. Ontem, além dos homicídios, cinco homens incendiaram um ônibus em Taboão da Serra, cidade próxima à capital. A ação, que ocorreu às duas da tarde, em plena luz do dia, não deixou feridos, já que os bandidos pediram para motorista e cobrador saírem do veículo.

A onda de violência, que assombra São Paulo e, nos últimos dias, Santa Catarina, chegou ao Espírito Santo. Um ônibus foi incendiado em Cariacica,região metropolitana de Vitória. A polícia acredita numa retaliação por conta da morte de um traficante horas antes. A preocupação por uma série de ataques fez com que os policiais militares recebessem orientações de seus superiores para adotarem algumas condutas para evitar possíveis atentados.

SC vive trégua após ‘salve’ de presídio

Depois de seis dias, Santa Catarina finalmente teve uma madrugada tranquila. Após registrar 68 atentados no período, o Estado passou a noite sem sofrer ataques, segundo informações da Polícia Militar.

O último aconteceu domingo, em Criciúma. Uma interceptação telefônica registrada no último dia 15 aponta um ‘salve’ (ordem) de dentro de um presídio para cessar os ataques nas ruas. Ao mesmo tempo, o sindicato dos policiais civis catarinenses solicitará uma reunião extraordinária com o governador Raimundo Colombo, para reivindicar melhores condições e prevenções contra ataques dos criminosos.

Fonte: http://odia.ig.com.br

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO