segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Bombeiro envolvido em tiroteio que matou menina em SP é indiciado




A Polícia Civil indiciou por homicídio culposo (sem intenção) um bombeiro envolvido no tiroteio que matou a menina Amanda Ferrão Martinho, de 10 anos. A garota estava no carro dos pais, na Avenida Juntas Provisórias, Zona Sul, na noite de domingo (4) quando foi atingida por uma bala perdida.
A troca de tiros começou quando o bombeiro, que estava de folga, percebeu que dois homens numa moto tentavam assaltar o motorista do carro da frente. Ele deu voz de prisão aos ladrões, que reagiram atirando.
Um dos suspeitos, de 16 anos, morreu ao ser atingido por um dos disparos. Um motoboy que passava pela região também ficou ferido. O outro suspeito, de 18 anos, foi preso.
“Coincidentemente do outro lado da via alguns policiais militares, de folga, passavam pelo local, visualizaram a situação, escutaram os disparos, viram o indivíduo correndo e acabaram efetuando a detenção do segundo indivíduo”, disse o capitão da PM Sérgio de Barros Ferraz.
Pela análise feita no local do crime, a polícia acredita que um dos tiros disparados pelo bombeiro atingiu o carro onde estava a garota. Ele foi indiciado por homicídio culposo, pagou fiança de R$ 3,1 mil e foi liberado. O bombeiro vai responder ao processo em liberdade. A pistola usada por ele foi apreendida e vai passar por perícia. A polícia ainda não encontrou a arma dos assaltantes.
Fonte: http://g1.globo.com

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO