sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Bombeiros completam 130 anos com homenagens e desfile militar







Agência Pará de Notícias - Belém/PA
Quartel do Comando Geral do Corpo de Bombeiros
Endereço: Av. Júlio César, 3.000, Bairro de Val-de-Cans
Contatos: Tenente-coronel BM Reis - 8899-6416

Nesta sexta-feira, 23, o Corpo de Bombeiros Militar do Pará realizará uma solenidade cívico-militar comemorativa aos seus 130 anos de criação. O evento acontece às 8h30, no quartel do Comando Geral da Corporação, localizado na avenida Júlio César, nº 3.000, bairro de Val-de-Cans.
No evento, os militares desfilarão equipados com materiais de salvamento e ao lado de viaturas operacionais, incluindo a viatura Auto Escada Mecânica Magirus Deltz, de 1975, com origem alemã, que já está fora de funcionamento há mais de 20 anos.
Durante a solenidade, instituições militares, como o Exército (8ª Região Militar/8ª Divisão de Exército), Marinha (4º Distrito Naval), Força Aérea Brasileira (I Comar), instituições civis, bem como autoridades civis e militares, serão agraciadas com a Medalha do Mérito Defesa Civil.
Outro destaque da solenidade será a leitura do decreto de promoção por ato de bravura dos militares, Cabo BM Mesquita e Soldado BM Barbosa, que foram promovidos a 3º Sargento e Cabo, respectivamente. Os militares participaram do resgate de um cidadão, no último dia 8 de julho, do alto de uma torre de transmissão, na avenida Independência. Na ocasião, será realizado o ato de aposição das divisas aos militares promovidos.

HISTÓRIA

O Corpo de Bombeiros no Pará foi criado em 24 de novembro de 1882, por meio de Portaria do Presidente da Província do Pará, à época, Justino Ferreira Carneiro. O primeiro comandante da Corporação foi o Capitão Antônio Veríssimo Ivo de Abreu, vindo do Corpo de Bombeiros da Corte, no Rio de Janeiro.
Inicialmente a Companhia, com um total de 29 homens, funcionou num anexo do Palácio da Presidência da Província, hoje Palácio Lauro Sodré, na Praça Dom Pedro II e só anos mais tarde mudou-se para o Quartel da Rua João Diogo, onde o Comando Geral funcionou por mais de 100 anos, até 2004, quando então passou para as atuais instalações, na Av. Júlio César, esquina com a Av. Pedro Álvares Cabral.
A corporação, durante o transcorrer de sua história, passou por várias fases, ora pertencendo ao Estado, ora ao município, sendo que após a aprovação da Constituição do Estado, em 1989, o Corpo de Bombeiros que era vinculado à Polícia Militar, se desvinculou da mesma, passando a ser uma instituição autônoma, ficando subordinada diretamente ao governador do Estado. A desvinculação da PM aconteceu em solenidade militar no dia 21 de abril de 1990.
Desde então, o Corpo de Bombeiros só tem crescido. Em 1992 criou sua própria Escola de Formação de Oficiais; em 1994 abriu as portas às primeiras mulheres e com o aumento do efetivo - hoje mais de 3.100 militares entre homens e mulheres, praças e oficiais -, começou um amplo processo de interiorização. Atualmente conta com 29 unidades operacionais distribuídas na região metropolitana de Belém e unidades de combate a incêndio e resgate em 21 municípios interioranos.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO