sábado, 17 de novembro de 2012

Carta atribuída a facção criminosa pede luta contra policiais em SC




Uma carta atribuída ao PGC (Primeiro Grupo Catarinense), facção criminosa que é a principal acusada pela onda de violência no Estado de Santa Catarina, foi divulgada no Jornal do SBT desta sexta-feira. Segundo o documento, o grupo foi fundado no dia 3 de março de 2003 e tem como objetivo "lutar contra policiais e governantes e organizar ações criminosas". Entre as obrigações definidas aos participantes, está o pagamento de dízimos, que vão desde R$ 100 mensais a 10% do lucro sobre assaltos. Apesar da semelhança, não há indícios de ligação com o PCC (Primeiro Comando da Capital), que atua no Estado de São Paulo.

O estatuto define, ainda, dez mandamentos que devem ser seguidos pelo grupo. Entre eles, se destacam "representar o PGC", "não confrontar irmãos" e "não tomar atitude de forma isolada". Por fim, o documento pede sigilo e é assinado por "Shakur". A polícia investiga a origem e a veracidade da carta, mas ainda não se pronunciou.


Fonte: http://www.jb.com.br

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO