domingo, 18 de novembro de 2012

Diretores de hospitais de SC fazem B.O. contra servidores da saúde





Diretores de hospitais de Santa Catarina registraram, entre esta sexta-feira (16) e sábado (17), sete boletins de ocorrência (B.O.) contra servidores da saúde. Na maternidade Carmela Dutra, em Florianópolis, houve denúncia de crime de omissão de socorro e abandono de incapaz contra técnicos de enfermagem que não compareceram ao trabalho na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) neonatal. A greve na saúde no estado começou em 23 de outubro.

O diretor de imprensa do Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Saúde Público Estadual e Privado de Florianópolis (SindSaúde), Cláusio Vitorino, afirmou que "na Carmela Dutra, quem tomou a iniciativa de fechar as portas foi a própria direção. E vale ressaltar que os médicos não estão em greve".

O secretário estadual da saúde se reuniu na tarde deste sábado (17) com o governador e o secretário de segurança pública depois de novas manifestações dos servidores grevistas. O diretor de polícia, Ilson da Silva, afirmou que vai ser instalado inquérito policial para investigar as denúncias e envolvidos devem ser ouvidos até este domingo (18). Não há previsão de acordo entre o estado e os servidores.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO