quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Ex-PM é suspeito de ser batedor de contrabandistas de cigarro em Goiás




A Polícia Militar (PM) fez terça-feira (13), no município de Itarumã, sudoeste do estado, a apreensão de uma carga de cigarros supostamente contrabandeados do Paraguai e aparelhos de som automotivo. O suspeito de ser o batedor da mercadoria é um ex-policial militar de 34 anos, que dirigia uma Volkswagen Parati.

De acordo com informações da PM ele teria sido expulso da corporação em 2009. A principal suspeita é que o ex-militar ainda agia como policial para dar cobertura a contrabandistas.

“Eu tenho certeza que sim, que foi logo após a abordagem ele já se identificou como policial militar e a atitude que ele teve perante o superior. Na carteira dele constava que era um soldado e deveria ter tomado os procedimentos cabíveis à corporação. Aí que veio a suspeita”, comenta o cabo da PM Gilberto Lemes.

A prisão aconteceu quando os dois veículos estavam estacionados em um posto de combustíveis. Nas imagens captadas por um circuito de segurança, o suspeito aparece conversando com um homem que pode ser o motorista do outro veículo e que conseguiu fugir. A mercadoria apreendida foi encaminhada para a sede da Polícia Federal em Jataí.

Segundo a Polícia Militar, o ex-PM atuou no município de Acreúna, também no sudoeste de Goiás. Os policiais disseram ainda que o suspeito responde a dois processos administrativos dentro da polícia.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO