quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Executiva do PT reúne-se para discutir julgamento




A Executiva nacional do PT reúne-se hoje em São Paulo para discutir o julgamento do mensalão pelo Supremo Tribunal Federal (STF). No fim do encontro deve ser divulgado um texto em apoio aos réus. O diretório nacional se reunirá em Brasília nos dias 7 e 8 de dezembro e poderá ter a presença do ex-ministro José Dirceu, condenado pelo Supremo. Dirceu costuma participar das reuniões do diretório.

O presidente nacional do PT, deputado Rui Falcão (SP), criticou ontem o julgamento. Segundo o dirigente, foi um "julgamento com viés político", com pressão dos "grandes meios de comunicação", que mudou "parâmetros consagrados da jurisprudência do direito brasileiro".

"Recebi com muita tristeza, mas também com extrema indignação a decisão injusta do Supremo Tribunal Federal que condenou a penas a elevadíssimas, fora do parâmetro, os companheiros José Dirceu, Delúbio Soares e José Genoino", disse Falcão, em vídeo veiculado no site do PT.

Na segunda-feira o Supremo definiu que Dirceu, acusado de ser o articulador do esquema de corrupção, deverá cumprir pena de 10 anos e 10 meses. O ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares foi condenado a 8 anos e 11 meses de prisão e o ex-presidente do partido José Genoino, a 6 anos e 11 meses.

O dirigente disse que negou a compra de votos e o uso de recursos públicos e afirmou que nenhum petista "enriqueceu pessoalmente" com o mensalão. "Os nossos companheiros ainda vão exercer todos os recursos possíveis", declarou Falcão.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO