quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Exército investiga sumiço de armas encomendadas pela Guarda de Belém




A Guarda Municipal de Belém denunciou o desaparecimento de 15 armas compradas de um fabricante do sudeste do país. As espingardas calibre 12 foram encomendadas para o grupo tático da Guarda e balas de borracha seriam usadas como munições. A preocupação do comando da Guarda é de que este tipo de armamento também pode ser utilizada munição letal. O exército apura o caso.

As espingardas tem prazo para chegar a Belém no dia 16 de dezembro. A surpresa da Guarda foi com um e-mail enviado pelo representante da Companhia Brasileira de Cartucho, que pedia a confirmação de recebimento de mercadoria. A mensagem tinha em anexo um comprovante de entrega do dia 30 de outubro, mas, segundo a Guarda, a encomenda não chegou a sede do órgão municipal.

“Nós adquirimos o equipamento como equipamento menos letal, mas se cair em mãos incertas ele pode passar a ser utilizado com munições letais. E essa é a grande preocupação que nós temos, de cair em mãos erradas, ai sim, seja constatado que ele foi furtado ou ele foi desviado para outros fins”, afirma a comandante da Guarda, Ellen Margarete.

O comando da Guarda pediu explicações ao fabricante, que alega ter contratado duas transportadoras para fazer o serviço. O caso vai ser investigado pelo Exército, que é responsável pela fiscalização de produtos controlados.

“O que vai ser verificado é o seguinte: primeiro se as empresas que estão efetuando o transporte estão com seus certificados válidos. A partir daí vai verificar também o processo desde a saída da empresa até a chegada na Guarda Municipal”, explica o coronel David Lopes, chefe de fiscalização do Exército.

A Companhia Brasileira de Cartuchos de São Paulo informou que recebeu da Atual Cargas Transportadora, responsável por entregar a encomenda, um comprovante de que a guarda municipal de Belém haveria recebido as armas. A CBC informou ainda que entrou em contato com a transportadora para que seja verificado quem fez a entrega e quem a recebeu.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO