quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Governo de São Paulo aceita ajuda federal





Os termos da parceria para conter violência no Estado serão definidos pelos dois governos em uma reunião na próxima semana
Geraldo Alckmin recebeu ofício com proposta de ajuda nesta quinta-feira
Thiago Duran/AgNews

Da Agência Brasil

Os governos federal e de São Paulo vão atuar juntos para conter a onda de violência que atinge o Estado. A parceria foi acertada nesta quinta-feira em um telefonema que a presidente Dilma Rousseff fez ao governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, para oferecer ajuda.

Os termos da parceria serão definidos pelos dois governos em uma reunião marcada para o começo da próxima semana. O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, será o enviado do governo federal ao encontro.

Com a morte de dois policiais no fim da noite de ontem, subiu para 88 o número de policiais assassinados no estado de São Paulo este ano. O total de policias militares mortos de janeiro a outubro já é 57% maior do que em todo o ano passado, quando foram registradas 56 mortes.

O acordo ocorre depois da troca de acusações entre os dois governos sobre a situação da segurança pública em São Paulo. Na terça-feira (30), o Ministério da Justiça divulgou nota rebatendo acusações de que não teria oferecido ajuda ao governo estadual e reiterando a disposição de pactuar um plano de segurança pública integrado entre as esferas estadual e federal.

Para a presidenta, segundo a ministra da Secretaria de Comunicação, Helena Chagas, “o importante é ajudar a população”.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO