quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Governo federal destina R$ 1,88 bilhão para segurança na Copa de 2014






O Grupo Executivo da Copa de 2014 (Gecopa), vinculado ao Ministério do Esporte, decidiu como devem ser utilizados os recursos destinados à segurança no evento esportivo. Os investimentos no setor totalizarão R$ 1,879 bilhão dos R$ 33 bilhões previstos para os investimentos na organização da Copa do Mundo. A medida foi publicada nesta segunda-feira no “Diário Oficial da União”.
A maior parte dos recursos, ou R$ 782 milhões, será gerida pela Secretaria Especial de Segurança para Grandes Eventos (Sesge) do Ministério da Justiça e servirá para a integração das diversas instituições e sistemas envolvidos nas operações de segurança. Os recursos permitirão a construção de 12 centros integrados regionais, um em cada cidade-sede, e outros dois nacionais, no Rio e em Brasília.
As Forças Armadas receberão outros R$ 708 milhões. A Aeronáutica terá R$ 252,9 milhões para a defesa aeroespacial e o controle do espaço aéreo nacional; o Exército aplicará R$ 247,4 milhões em defesa e segurança cibernética, além de ações contra o terrorismo, entre outras atribuições. Os R$ 207,7 milhões restantes servirão à Marinha para defender estruturas estratégicas nas costas e rios brasileiros.
Para completar o total de recursos previstos, R$ 230 milhões vão para a capacitação e treinamento do efetivo de segurança e mais R$ 158,2 milhões deverão aprimorar os diversos pontos de entrada no país (portos, aeroportos e postos de fronteira), por meio de investimento em infraestrutura e compra de novos equipamentos.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO