quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Guardas municipais presos com arma e drogas na BA vão para presídio




Os cinco guardas municipais de Eunápolis, no extremo sul da Bahia, e outros dois suspeitos presos na cidade de Santa Luzia na quarta-feira (31) por tráfico de drogas e porte ilegal de armas, foram transferidos da Delegacia de Ilhéus para o presídio da cidade na manhã desta quinta-feira (1°). Na quarta-feira (30), os guardas municipais foram afastados da função, de acordo com informações da Secretaria de Administração de Eunápolis. O inspetor-chefe da Guarda Municipal também foi afastado das atividades.
Segundo a secretária da Administração, Terezinha Sivieiro, ele não é investigado por crimes e foi afastado por agir de forma incorreta no momento em que soube do ocorrido com os guardas municipais em Santa Luzia. “Ele pegou a única viatura que tinha e foi pra Santa Luzia para ver o que havia ocorrido. Isso não podia ser feito, ele deveria ter consultado a secretaria, a prefeitura, algum órgão antes de tomar uma atitude”, disse.
Os cinco guardas foram presos em flagrante pela Polícia Militar com o carro oficial da guarda na madrugada de quarta-feira em Santa Luzia, que fica distante cerca de 140 km de Eunápolis. No momento do flagrante, segundo a polícia, eles não estavam fardados. No carro havia drogas e uma arma sem numeração. Os guardas foram levados para a Delegacia de Ilhéus e vão responder pelos crimes de porte ilegal de arma, tráfico de drogas e associação ao tráfico.
O agente de saúde de Santa Luzia, que é irmão de um dos guardas e mais uma pessoa foram presos. O agente de saúde disse que a guarnição deu uma carona ao irmão policial, que estava de folga, e teria ido visitar a família.
De acordo com a polícia, em depoimento, os outros suspeitos confirmaram a versão que a guarnição teria dado uma carona a um dos guardas presos, mas que também teria ido a cidade para comprar armas com preço mais baixo.
A secretaria da Administração de Eunápolis, Terezinha Sivieiro, informou que a Guarda Municipal da cidade conta com o efetivo de 36 homens e que a corporação não utiliza armas de fogo no serviço.
O caso
A Polícia Militar prendeu na madrugada desta quarta-feira (31) cinco guardas municipais de Eunápolis, município da região sul da Bahia, com uma arma com numeração raspada e drogas na praça central de Santa Luzia. Um agente de saúde de Santa Luzia e um outro homem, que seria mediador das negociações, também foram detidos.
"Além da arma, apreendemos 300g de cocaína, dinheiro, celulares, uma touca e uniformes da guarda municipal", disse o major André Rodrigues Castro.
Segundo policiais, o grupo tentou se livrar da arma ao perceber a aproximação da guarnição, mas não reagiu.
Fonte: http://g1.globo.com

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO