quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Julgamento de Macarrão e Fernanda pode ser anulado




Contagem (Minas Gerais) - O julgamento de Luiz Henrique Romão, o Macarrão, e de Fernanda Gomes de Castro, ex-namorada do goleiro Bruno, acusados de participar do sequestro e morte de Eliza Samudio, pode ser anulado.

Os advogados de defesa do ex-policial civil Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, representados por Ércio Quaresma, entraram com pedido de habeas corpus para tornar sem efeito todos os atos no plenário sem a presença deles.

Os advogados alegam que gostariam de estar presentes no julgamento, inclusive fazendo perguntas para os reús e as testemunhas. O pedido, em 2ª instância, foi repassado para a 4ª Vara Criminal de Minas Gerais. O desembargador Delmival Almeida Campos vai analisar o recurso da defesa.

No entanto, antes da análise, o magistrado pediu explicações para a juiza Marixa Fabiane Rodrigues. Ela explicou que em nenhum momento a defesa de Bola pediu para participar do interrogatório, alegando que os mesmos abandonaram o plenario no início do julgamento, deixando o réu sem defesa. 

A júiza questionou ainda se Bola gostaria de ser auxiliado por um defensor público. Macarrão foi condenado a 15 anos de prisão e Fernanda foi punida com cinco anos em regime aberto por sequestro e cárcere privado de Bruninho e Eliza.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO