domingo, 25 de novembro de 2012

Julgamento do caso Bruno pode ter um oitavo réu




Minas Gerais - O policial civil aposentado José Lauriano de Assis Filho pode ser o oitavo réu a sentar diante do júri no caso Eliza Samudio.

Com o fim do primeiro julgamento na sexta-feira, o promotor Henry Vasconcelos anunciou que vai denunciá-lo até o próximo mês. Zezé, como o policial é conhecido, foi o responsável por apresentar Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, a Luiz Henrique Romão, o Macarrão. O primeiro foi apontado nas investigações como o executor da ex-amante do goleiro Bruno.

O promotor não revelou ainda quais serão os crimes imputados a Zezé. No entanto, a polícia já sabe que ele esteve com Bola por volta das 22h de 10 de junho de 2010, confirmado como o dia da morte de Eliza.

O policial afirmou em depoimento que emprestou R$ 50 para o executor da modelo, em encontro rápido na porta da delegacia onde trabalhava, na região da Pampulha, Belo Horizonte. A verificação das antenas telefônicas dos acusados confirma a informação.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO