quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Mais de 130 já foram detidos em Operação Saturação da Polícia de SP




A Polícia Militar divulgou nesta quarta-feira mais um balanço da Operação Saturação, presente em vários bairros da capital paulista e em cidades da região metropolitana e interior do Estado. Segundo a corporação, desde o dia 29 de outubro, 139 pessoas foram detidas.

Iniciada na comunidade de Paraisópolis, na zona sul da capital, a operação se estendeu para bairros da zona norte e leste da capital, além das cidades de Guarulhos e Ribeirão Preto. Em Paraisópolis, a PM informou que 38 pessoas foram presas em flagrante, 12 foragidos da justiça foram recapturados e seis adolescentes foram detidos. Além das prisões, a polícia conseguiu apreender 16 armas ilegais, uma granadas, 351 munições de diversos calibres, 37,8 kg de cocaína, 339,8 kg de maconha, 483 g de crack e 50 unidades de drogas sintéticas.

De acordo com a PM, a segunda parte da operação, iniciada no dia 7 de novembro na Freguesia do Ó e Parada de Taipas, na zona norte da capital, Santa Inês, na zona leste, e em Guarulhos, na Grande São Paulo, já contabiliza 57 prisões em flagrante, 17 fugitivos recapturados, além de dois adolescentes que foram apreendidos. A polícia também conseguiu apreender 11 armas de fogo, 18 munições, 182,5 kg de maconha e 3,3 kg de cocaína.

Em Ribeirão Preto, no interior do Estado, a Polícia Militar prendeu uma pessoa em flagrante e oito adolescentes foram detidos. Foram apreendidas duas armas, 204 kg de maconha e 135 g de cocaína.

Polícia Civil prende receptadores

A Polícia Civil, por meio de integrantes da 4ª Delegacia de Investigações Sobre Roubo a Condomínios (Patrimônios) do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), prendeu, nesta terça-feira, duas pessoas por receptação e uma terceira por uso de documento falso, sendo que uma delas era procurada pela Justiça e tentou resistir à prisão.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, o primeiro a ser preso foi um vendedor de 26 anos, surpreendido quando trafegava por Taboão da Serra a bordo de um veículo Fiat Adventure furtado no Rio de Janeiro. O carro chamou a atenção dos agentes pelas placas com características irregulares e motivou a abordagem. O vendedor alegou ter pago R$ 7,5 mil pelo carro e disse desconhecer que o veículo era furtado. Ele vai responder por receptação, mas teve direito à liberdade mediante pagamento de fiança.

Horas depois, em São Mateus, na zona leste da capital, um fiscal de 19 anos chamou a atenção das equipes por demonstrar nervosismo quando cruzou com as equipes dirigindo um Ford Fusion. Pesquisada a placa, os policiais constataram que o carro era produto de estelionato e o motorista tinha passagens por outros crimes.

O terceiro detido foi um ajudante de 26 anos que estava foragido da penitenciária de Guarulhos. Ao ser abordado em Taboão da Serra, ele tentou despistar os policiais apresentando um documento em nome de outra pessoa. Enquanto os agentes pesquisavam a documentação, o ajudante tentou fugir a pé, correu pela rua e pulou de um barranco. Ele não conseguiu evitar a prisão. Além de voltar para a cadeia, ele deverá responder por uso de documento falso.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO