quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Mais de 40 policiais procuram ladrões de banco em mata em MT




Mais de 40 policiais cercam uma região de mata localizada a aproximadamente 5 quilômetros do perímetro urbano de Comodoro, a 677 quilômetros de Cuiabá, na tentativa de capturar uma quadrilha que assaltou duas agências bancárias no município nesta terça-feira (30) e fizeram clientes e funcionários reféns. O capitão da Polícia Militar, Mário Roberto Pereira, informou que foram montadas barreiras nas estradas que dão acesso a outras cidades da região.
Os policiais também estão entrando na mata para tentar localizar os assaltantes e, para isso, contam com o apoio de um helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer). "Estamos fazendo barreiras e entrando na mata. Supomos que eles ainda estejam na mata, porque estão a pé e havíamos cercado a região", afirmou o major. Até as 8h30 (horário de Mato Grosso) nenhum dos suspeitos havia sido preso.
No momento do roubo, os ladrões obrigaram os funcionários do banco a levar os malotes para dentro da caminhonete e  depois mandaram que todos subissem na carroceria do veículo. Os reféns foram usados como 'escudo humano' em frente às agências para impedir que a polícia atirasse contra a quadrilha. Eles invadiram duas agências bancárias de forma simultânea. Para isso, se dividiram em dois grupos.
Durante a fuga, os suspeitos queimaram uma caminhonete e abandonaram outra, fugindo a pé, segundo a PM. Após o assalto, os criminosos, que estavam fortemente armados e encapuzados, fugiram levando 15 reféns, que foram libertados na saída da cidade.
As buscas contam com o apoio de policiais militares de Pontes e Lacerda, Campos de Júlio e Cáceres, cidades vizinhas, além de equipes do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e da Gerência de Combate ao Crime Organizado (Gcco).
Fonte: http://g1.globo.com

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO