domingo, 4 de novembro de 2012

OAB: greve de juízes federais é juridicamente inconstitucional




A greve dos juízes federais é juridicamente inconstitucional e politicamente um atentado à democracia. A afirmação é do presidente da OAB do Rio de Janeiro (OAB-RJ), Wadih Damous, ao comentar a ameaça dos juízes federais de paralisar as atividades quarta e quinta-feira em todo o território nacional por melhores salários.
"Entendemos que a magistratura deve ser bem remunerada, mas o caminho da greve não é o mais adequado porque só traz prejuízos à cidadania", disse Damous.
Para o presidente da OAB-RJ,  os juízes devem conquistar as suas reivindicações salariais mas trilhando outros caminhos que não o da paralisação. A paralisação acarretará no cancelamento das audiências já marcadas para esses dois dias.
Juízes e desembargadores da Justiça Federal realizaram uma assembleia-geral extraordinária, na primeira semana de outubro, e decidiram fazer uma greve por tempo determinado em novembro, cancelando a tomada de depoimentos e suspendendo as audiências já marcadas.
O objetivo da greve, segundo os juízes, é chamar a atenção para a situação salarial da magistratura, exigir "tratamento mais adequado" da parte dos poderes públicos e pressionar a presidente Dilma Rousseff a atender às demandas da categoria.
Fonte: http://www.jb.com.br/

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO