terça-feira, 13 de novembro de 2012

Operação Marias: desde setembro, 82 presos em Curitiba




Operação contra violência doméstica termina com 82 presos em Curitiba
A Polícia Civil cumpriu, nesta terça-feira (13), 20 mandados de prisão – dos 25 expedidos – na Operação Marias, em Curitiba. Com os detidos desta terça, a operação, iniciada em setembro, totaliza 82 prisões. Cerca de 90 policiais participaram da operação. Os mandados de prisão foram embasados na Lei Maria da Penha, promulgada em 2006, que criminaliza a violência doméstica.

Segundo a delegada Maritza Haisi, titular da Delegacia da Mulher de Curitiba, coordenadora da operação, os presos são maridos, ex-maridos, companheiros, namorados, pais ou parentes próximos que praticam violência contra mulheres.

"Essa operação visa a proteção contra a violência doméstica e familiar. Doméstica quando o agressor convive no mesmo espaço que a vítima e familiar quando ele não convive no mesmo espaço, mas tem acesso fácil a ele, como no caso de namorados", explicou a delegada.

De acordo com a polícia, novas operações do gênero vão ocorrer. Nelas, os cinco suspeitos que não foram presos, nesta terça, devem ser novamente procurados pelos policiais. O delegado titular da Divisão de Polícia Especializada (DPE), Marco Antônio Lagana, afirmou que elas serão periódicas e ininterruptas.

A polícia informou que são feitos, aproximadamente, mil boletins de ocorrência registrando violência contra a mulher, em Curitiba, todos os meses.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário, ele é muito importante!

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO